Canonical Livepatch Service

A Canonical lança novo live patch do kernel Linux para todas as suas versões do sistema operacional Ubuntu suportadas. O objetivo é resolver várias vulnerabilidades de segurança para aqueles que usam o Serviço Canonical Livepatch. Assim, a novidade está disponível para Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver), Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus) e Ubuntu 14.04 LTS (Trusty Tahr). Confira neste post que a Canonical lançou novo Live Patch do Kernel Linux para Ubuntu.

Pincipais correções do novo live patch

A mudança corrige um total de cinco vulnerabilidades de segurança, incluindo a falha crítica TCP recentemente descoberta (CVE- 2018-5390) descoberto por Juha-Matti Tilli, o que poderia permitir que um atacante remoto causasse uma negação de serviço.

O patch de segurança também elimina uma vulnerabilidade (CVE-2018-13405) na função inode_init_owner em fs/inode.c no kernel 4.17.4 . Essa falha poderia permitir que um usuário local aumentasse seus privilégios criando um arquivo com uma propriedade de grupo não intencional e, em seguida, tornar o arquivo executável e SGID (Set Group ID).

Outras falhas de segurança corrigidas incluem um problema ( CVE-2018-13094 ) descoberto em fs/xfs/libxfs/xfs_attr_leaf.c no kernel 4.17.3 . Elas poderia causar um OOPS em uma imagem XFS corrompida com um bp NUL.  Além disso, provoca um problema EXT4CVE-2018-1094 ) que poderia permitir que um invasor local travasse o sistema com uma negação de serviço.

Outra falha de segurança ( CVE-2018-11506 ) corrigida por este novo patch ao vivo do kernel afetou a função sr_do_ioctl do kernel Linux em drivers /scsi/sr_ioctl.c. A falha permitia que usuários locais causassem uma negação de serviço (estouro de buffer). 

Atualizações devem ser feitas logo

Falhas Debian

Portanto, a Canonical recomenda que todos os usuários que usam o serviço LivePatch da Canonical atualizem seus sistemas imediatamente.

Usuários do Ubuntu 18.04 LTS (Bionic Beaver) teriam que atualizar para o kernel  4.15.0-29.31;

Usuários do Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus) e Ubuntu 14.04 LTS (Trusty Tahr) devem atualizar suas instalações para os kernels 4.4.0-131.157 e 4.4 .0-131.157 ~ 14.04.1, respectivamente. 

Enfim, todos os kernels estão disponíveis apenas para arquiteturas de 64 bits (amd64) e estão presentes em versões genéricas ou de baixa latência. Nenhuma reinicialização é necessária. Confira o comunicado clicando neste link

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Confira a lista de celulares que devem receber o Android Pie

Previous article

KDE Frameworks 5.49.0 foi liberado para o KDE Plasma 5.13

Next article

You may also like

More in Notícias