Tutoriais

11/01/2022 às 22:55

14 min leitura

Avatar Autor
Por Emanuel Negromonte

Como ativar suporte a pacotes Flatpak no Ubuntu Linux, Debian, Fedora, openSUSE, Red Hat, ou em qualquer distribuição Linux!

Para instalar pacotes Flatpak no Linux é preciso primeiro ativar o suporte! Saiba como fazer!

Como ativar suporte a pacotes Flatpak no Ubuntu Linux, Debian, Fedora, openSUSE, Red Hat, ou em qualquer distribuição Linux!

O Flatpak já é notícia aqui no SempreUpdate há muito tempo, e é importante para todos os usuários dentre as mais varias distribuições, ter o suporte ao Flatpak ativo. Com isso, o usuário Linux aumenta significativamente o número de softwares disponíveis, o que facilitando momento da pesquisa e instalação. Assim, saiba como instalar e ativar o suporte ao Flatpak no Ubuntu, Debian, Fedora, openSUSE, Red Hat, Linux Mint, Arch Linux, Gentoo, ElementaryOS, enfim no Linux.


Execute os comandos abaixo de acordo com a sua distribuição.

Instalando e ativando o suporte ao Flatpak no Ubuntu, Linux Mint e suas variações

Para instalar o Flatpak no Ubuntu, Debian ou Linux Mint é muito fácil. Para começar abra o Terminal, e cole os comandos abaixo.

No Ubuntu, em versões mais recentes a partir da 16.04 LTS, você precisa executar apenas um comando:

Terminal
sudo apt install flatpak

Caso, você esteja usando alguma versão igual ou anterior ao Ubuntu 16.04 LTS será necessário uso de uma PPA, para isso execute:

Terminal
sudo add-apt-repository ppa:alexlarsson/flatpak
sudo apt update
sudo apt install --install-recommends flatpak

Perceba que neste último comando, também instalaremos os pacotes recomendados, isso garante que tudo funcione adequadamente em torno do Flatpak no Ubuntu!

Instalando e ativando o suporte ao Flatpak no Debian e suas variações

Fique atento em um detalhe, no Debian o sudo não vem habilitado por padrão, você pode executar os comandos como Root ou se preferir, pode seguir o nosso tutorial de como ativar e instalar o sudo no Debian.

Terminal
apt-get update
apt install --install-recommends flatpak

Existe um plugin criado para o GNOME, então se você estive usando o Debian com GNOME, o plugin pode melhorar os ajustes das janelas entre as aplicações e o ambiente, para instalar execute:

Terminal
apt install gnome-software-plugin-flatpak

Como instalar o suporte a Flatpak no Fedora e suas variações

Para o Fedora a instalação do Flatpak é muito simples, execute os comandos abaixo:

Terminal
sudo dnf install flatpak

Como instalar o suporte a Flatpak no openSUSE e suas variações

Para o openSUSE também é simples a instalação, execute o comando abaixo:

Terminal
zypper install flatpak

Como instalar o suporte a Flatpak no CentOS ou Red Hat Enterprise Linux

Se você estiver usando qualquer sistema baseado puramente na base do RHEL, então você deve executar o comando abaixo:

Terminal
sudo yum install flatpak

Como instalar o suporte a Flatpak no Flatpak no Arch Linux

Terminal
sudo pacman -S flatpak

Aumentando a gama de pacotes Linux com o Flatpak

Agora que já instalamos e ativamos o suporte ao Flatpak no Linux, vamos para a segunda a parte que é a mais fácil. Existe um repositório que pode ser adicionado, claro, não é obrigatório, mas é uma excelente dica, adicione o seguinte repositório:

Terminal
flatpak remote-add gnome https://sdk.gnome.org/gnome.flatpakrepo

Como instalar o suporte a Flatpak no Gentoo Linux

Terminal
echo 'sys-apps/flatpak ~amd64\nacct-user/flatpak ~amd64\nacct-group/flatpak ~amd64\ndev-util/ostree ~amd64' >> /etc/portage/accept_keywords/flatpak
emerge sys-apps/flatpak

Depois execute:

Terminal
flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Como instalar o suporte a Flatpak no Mageia Linux

Para ativar o suporte ao Flatpak no Mageia, execute um dos comandos abaixo:

Terminal
sudo dnf install flatpak

ou também:

Terminal
urpmi flatpak

Agora, independente dos comando executado, você precisa executar o próximo para ativar o Flatpak:

Terminal
flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Pronto! Já temos o repositório ativo! Mas, esta parte, como dito antes, é opcional!

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Mais lidas

Últimos posts

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.