criador-do-mandrake-linux-lanca-sua-versao-do-android-sem-apps-google

A ideia é do Gaël Duval, o criador do Mandrake Linux e chama-se Eelo. Não muito divulgado, ao menos no Brasil, o Eelo tornou-se realidade graças a uma campanha de financiamento coletivo. O sistema é baseado no Android, usa todo o seu código fonte, mas Duval garante que não há nenhuma interferência do Google em seu projeto.

O foco do Eelo é ter as principais funções do Android, sim, ele virá com o básico, mas sem as famosas ferramentas que violam a privacidade dos usuários, dentre elas estão os rastreadores e o registro que deixa tudo guardado na conta Google, essas informações podem ser acessadas pelo Google e empresas parceiras.

O Eelo virá com um app de e-mail, algumas ferramentas de produtividade, serviço de armazenamento em nuvem e para aqueles que querem instalar os Apps do Google poderão instalar sem nenhuma problema, a ideia é dar mais poder aos usuários, e permite que escolham o que vão querer em seu sistema móvel.

Todos estes softwares Google, estarão disponíveis em uma loja alternativa que não é o Google Play. O Eelo parece muito com o iOS, que é o sistema operacional da Apple lançado para o iPhone. Ainda é preciso destacar, que o Eelo aproveitou parte do código do LineageOS que é um outro projeto que também usa a base do Android.

Duval espera arrecadar cerca de 25 mil euros, em torno de 100 mil reais. Se tudo der certo, o Eelo deve ser lançado nos primeiros meses de 2018. Quem quiser investir o seu dinheiro, poderá fazer até janeiro de 2018 e aqueles que doarem mais de mil euros receberá um smartphone já com o Eelo instalado.

Confira o vídeo do Eelo abaixo. Caso você tenha o Adblock ativado, o vídeo não será reproduzido, é necessário adicionar o SempreUPdate na sua lista branca, ou desabilitar temporariamente o bloqueador de publicidade.
Abaixo, você também pode conferir o projeto do Eelo, bem como o que eles pretendem criar para os próximos anos.
eelo-mobile-os-components
Muita coisa boa deve ser lançada, além de Apps que vão melhorar a produtividade, em breve haverá até uma versão para PC e outras ferramentas que vão melhorar o engajamento entre os usuários. Agora é só aguardar, e se puder investir, em breve tudo isso deve sair do papel. Se você quer investir, pode consultar a página de financiamento coletivo através do link abaixo.

O sistema operacional do Apple Lisa vai ser liberado gratuitamente em 2018

Previous article

Review – Debian 9.3 “Stretch” com o MATE

Next article

You may also like

More in Notícias