in

Debian 10 “Buster” atualmente é padronizado para GNOME Wayland

Porém, isso ainda pode sofrer alterações.

Equipe Anti-Assédio do Debian continua trabalhos em 2019

Tal como está agora, a próxima versão do Debian 10 “Buster” irá fornecer um desktop padrão do GNOME Shell rodando sobre Wayland. Isso mesmo, para surpresa de muitos, a aposta é que o Debian 10 “Buster” atualmente é padronizado para GNOME Wayland. Porém, isso ainda pode mudar com um desenvolvedor Debian sugerindo que a experiência pode não ser boa o suficiente para a próxima versão. Ele defende ser melhor ainda usar o X.Org Server. Até agora, portanto, o GNOME Wayland será o padrão do Debian 10 “Buster”.

Enquanto algumas distribuições como Fedora e RHEL8 são padronizadas para o GNOME com Wayland, outras como o Ubuntu estão preferindo o GNOME no X.Org por enquanto. Isso devido a bugs do Wayland, problemas de compatibilidade do driver/GPU e outros problemas.

Seguindo conselhos

Debian 10 "Buster" atualmente é padronizado para GNOME Wayland

Com o Debian Buster, eles estavam seguindo o conselho da equipe Debian GNOME de que a sessão padrão do GNOME deveria ser Wayland no lugar do X.Org Server. Assim, não é consenso que o Debian 10 “Buster” seja padronizado para GNOME Wayland.

No entanto, o desenvolvedor Debian Jonathan Dowland, expressou preocupações que a decisão X.Org vs. Wayland não seguiu a mesma abordagem quando o Debian discutiu os sistemas init e finalmente decidiu adotar o systemd.

Em seus testes recentes do Debian Buster com o GNOME no Wayland, ele também descobriu alguns “bugs bastante sérios”.  São problemas como arrastar e soltar e o gerenciador de sessão/desktop bloqueando se o disco raiz fica cheio.

Empolgação

Debian 10 "Buster" atualmente é padronizado para GNOME Wayland

Dowland diz que ele está empolgado com as perspectivas de Wayland e vários projetos em torno dele. Entretanto, ele argumenta que o Buster deve adotar o GNOME/X.Org por padrão. Mais detalhes em seu blog.

Nas últimas duas semanas, troquei meu desktop para Wayland, a fim de ter uma idéia melhor de como funcionava. Tem sido uma experiência bastante agradável: as coisas geralmente são muito boas, e estou bastante empolgado com algumas coisas inovadoras que estão disponíveis no ecossistema Wayland, como o gerenciador de janela/compositor Sway e experimentos interessantes como uma reimplementação do Plan 9’s rio chamado wio. No entanto, neste curto espaço de tempo, eu acertei alguns bugs bastante sérios. Isso inclui o # 928030 (o gerenciador de área de trabalho e sessão travam imediatamente se o disco raiz for preenchido e # 928002 (arrastar e soltar do Firefox para o gerenciador de arquivos bloqueia todos os arquivos baseados em X). Ambos me levaram a acreditar que as coisas não estão bem integradas o suficiente – ainda – para ser a tecnologia de desktop padrão no Debian.

Resta saber se isso vai ter alguma ação sobre a mudança do padrão. Contudo, ele espera que pelo menos mais usuários Debian testem o GNOME/Wayland. Assim, espera que relatem quaisquer erros que eles encontrarem. Portanto, atualmente, o Debian 10 “Buster” é padronizado para GNOME Wayland.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.