in

EUA atinge maior fabricante de chips da China com sanções

A SMIC usa equipamento e software dos EUA em seu processo de fabricação.

EUA atinge maior fabricante de chips da China com sanções

Depois de mirar na Huawei, na ByteDance e na Tencent, entre outros, o governo dos Estados Unidos (EUA) impôs sanções à maior fabricante de chips da China, a Semiconductor Manufacturing International Corporation (SMIC).

- Anúncios -

O Departamento de Comércio enviou uma carta às empresas norte-americanas informando-as que exigirão licenças para exportar certos produtos para a SMIC. A agência escreveu:

[As exportações] podem representar um risco inaceitável de desvio para uso militar na República Popular da China.

EUA atinge maior fabricante de chips da China com sanções

A SMIC é a espinha dorsal do plano da China de se tornar tecnologicamente autossuficiente, reduzindo sua dependência de empresas americanas para hardware e software. O governo espera que a SMIC desempenhe um papel importante em sua iniciativa.

EUA atinge maior fabricante de chips da China com sanções
Depois de mirar na Huawei, na ByteDance e na Tencent, entre outros, o governo dos Estados Unidos (EUA) impôs sanções à maior fabricante de chips da China, a SMIC.

Em junho, o SMIC saiu da Bolsa de Valores de Nova York para fazer uma oferta pública no STAR Market de Xangai. Já tendo sido afetada pelas sanções da Huawei, a SMIC alertou em seu prospecto de IPO que o governo dos EUA poderia apertar ainda mais as sanções.

A SMIC usa equipamento e software dos EUA em seu processo de fabricação. Portanto, as sanções podem acabar atingindo a Qualcomm (acredita-se ser a segunda maior cliente da SMIC depois da Huawei).

Em suma, a SMIC afirma que não foi notificada das sanções pelo governo dos EUA; a SMIC acrescentou que não tem relação com os militares chineses e não fabrica para nenhum usuário final militar.

Por fim, caso queira ler mais matérias sobre código aberto, Linux, Android, hardware, internet, programação e ficar atualizado com as novidades do mundo da tecnologia, acompanhe as matérias no canal do Sempre Update no Telegram.

Fonte: Tech Spot

Presidente da Huawei classifica as proibições dos EUA como “agressão ininterrupta”

Nem mesmo empresas chinesas querem trabalhar com a Huawei

Huawei afirma que o Harmony OS 2.0 está quase pronto

Fedora apresenta o Kinoite e planeja migrar o FreeType para o HarfBuzz

Fedora 33 beta sai como uma grande atualização da distro

Equipe que trabalha no navegador Vivaldi anuncia dois novos recursos

Equipe que trabalha no navegador Vivaldi anuncia dois novos recursos