EUA permitem que Huawei continue atualizando telefones Android por mais três meses

Depois de muita polêmica, o governo dos EUA suspendeu temporariamente algumas restrições contra a gigante chinesa de tecnologia Huawei. Isso depois que um pedido assinado pelo presidente Trump na semana passada proibiu a chinesa de trabalhar com empresas americanas. Portanto, os EUA permitem que Huawei continue atualizando telefones Android por mais três meses.

A ordem impediu a Huawei de usar software e hardware pertencentes a empresas americanas, incluindo o Google. Assim, ela ficou tecnicamente impossibilitada de instalar a versão licenciada do Android em seus dispositivos.

Departamento de comércio dos EUA permitem que Huawei continue atualizando telefones Android por mais três meses

Microsoft, Intel, Qualcomm e outros fabricantes aderem ao boicote à Huawei

No entanto, o Departamento de Comércio dos EUA decidiu suspender algumas dessas restrições por três meses. Desta formam dá às empresas que trabalham com a Huawei mais tempo para “tomar outras providências”. É o uqe mostra um segundo um relatório da Reuters citando o secretário de Comércio dos EUA, Wilbur Ross.

Em suma, essa licença permitirá que as operações continuem para os usuários de telefones celulares e redes de banda larga rural existentes da Huawei, disse a autoridade norte-americana.

Durante esses três meses, a Huawei pode manter sua rede existente e enviar atualizações para seus produtos. No entanto, por outro lado, não pode comprar peças e componentes de empresas americanas que podem ser usadas para a fabricação de seus próprios dispositivos.

A suspensão da proibição expirará em 19 de agosto. Do mesmo modo, as autoridades dos EUA sugerem que uma prorrogação é possível em algum momento no futuro próximo.

Huawei: Eles subestimam nossas capacidades

EUA permitem que Huawei continue atualizando telefones Android por mais três meses

Em um comunicado oficial divulgado na segunda-feira, a Huawei explicou que já ajudou o ecossistema Android a se expandir substancialmente. Segundo ela, toda a indústria se beneficia de seus investimentos.

A Huawei fez contribuições substanciais para o desenvolvimento e crescimento do Android em todo o mundo. Como um dos principais parceiros globais do Android, trabalhamos de perto com sua plataforma de código aberto para desenvolver um ecossistema que beneficiou tanto os usuários quanto a indústria, disse a Huawei.

Em um comunicado separado, o fundador da Huawei, Ren Zhengfei, disse que a recente proibição anunciada pelo governo dos EUA tem pouco ou nenhum impacto em sua empresa porque eles já estavam preparados para tal decisão.

As ações do governo dos EUA no momento subestimam nossas capacidades, disse Ren à CCTV chinesa.

Uma série de outras empresas decidiu encerrar sua colaboração com a Huawei após o novo pedido, incluindo Intel, Qualcomm e Broadcom.

Artigos recentes

Artigos relacionados