in

Fedora 31 não terá mais pacotes do Linux Kernel i686

Isso nada tem a ver com arquiteturas de 32 bits que causaram polêmica nos últimos dias.

Fedora 31 não terá mais pacotes do Linux Kernel i686

O Fedora 31 agora tem uma proposta pendente de descontinuar suas versões do kernel i686.. No entanto, é preciso destacar que não se deve confundir com a polêmica envolvendo o Ubuntu em torno dos pacotes de 32 bits. Neste caso, a Canonical já garantiu que continuará dando suporte determinados pacotes nas versões 19.10 e 20.04 LTS a serem lançadas. Já no caso do Fedora 31 a ser lançado ainda neste ano, eles continuarão com sua embalagem de 32 bits.

Esta proposta de alteração do Fedora 31 foi feita por Justin Forbes, um dos hackers do kernel do Fedora. Assim, a distro está prestes a acabar com as compilações de kernel i686, começando com esta versão do Fedora que será lançada em outubro. O pacote i686 kernel-headers ainda seria oferecido para satisfazer as dependências necessárias para programas de 32 bits que precisam desses cabeçalhos. Obviamente, os usuários precisarão executar um kernel de 64 bits. Porém, todos os programas de 32 bits devem continuar a funcionar no Fedora 31.

Proposta de acabar com Kernel de 32 bits

Há dois anos eles avaliaram uma proposta semelhante para acabar com o kernel de 32 bits. Na época, um grupo de Interesse Especial i686 foi estabelecido para lidar com problemas específicos de x86 de 32 bits. No entanto, esse i686 SIG tornou-se inerte “em grande parte sem resposta”, sem atividade real este ano. Como resultado, para o Fedora 31, é provável que este kernel de 32 bits seja descartado.

O kernel i686 é de uso limitado, pois a maioria dos hardwares x86 suporta 64 bits atualmente. Ele está em um status de “comunidade suportada” para várias versões do Fedora agora. Como tal, obtém muito poucos testes e os problemas aparecem frequentemente. Estes tendem a passar despercebidos por longos períodos de tempo. Quando os problemas são encontrados, geralmente leva muito tempo antes de serem corrigidos, porque eles são considerados de baixa prioridade pela maioria dos desenvolvedores. Isso pode deixar outras arquiteturas esperando por atualizações importantes e fornecer uma experiência menos do que desejável para pessoas que optam por executar um kernel de 32 bits. Com esta proposta, o kernel i686 não será mais construído. Um pacote de cabeçalhos de kernel ainda existirá, e todos os pacotes de 32 bits devem continuar a construir normalmente. A principal diferença é que não haverá mais imagens de 32 bits inicializáveis.

Fedora 31 não terá mais pacotes do Linux Kernel i686

O benefício de descartar a compilação do kernel i686 é que ela não carrega mais nenhum fardo de manutenção e é menos mantida pela equipe do kernel do Fedora e, portanto, pode acelerar as atualizações do kernel em alguns cenários. Mais detalhes desta proposta de mudança ainda serão avaliados pelo FESCo para tomar a decisão final.

Fedora 31 Workstation está com muitos recursos originais sendo trabalhados

Fedora 31 não terá mais pacotes do Linux Kernel i686

O Fedora 31 Workstation está se tornando uma outra versão interessante para esta distribuição Linux patrocinada pela Red Hat. Como de costume, uma tonelada de recursos originais estão sendo trabalhados para este inovador sistema Linux de desktop/estação de trabalho.

Christian Schaller, da Red Hat, mais uma vez escreveu um post detalhado descrevendo as diferentes melhorias que estão sendo desenvolvidas neste ciclo por vários desenvolvedores da Red Hat.

Então, o Fedora Workstation 31 trará:

Wayland 1.17 lançado. Greenfield Wayland Compositor pode executar aplicativos diretamente no navegador

  • melhorias contínuas no Wayland;
  • mais funcionalidade PipeWire;

    Fedora 31 não terá mais pacotes do Linux Kernel i686
    chrome-pipewire
  • melhorias contínuas em torno do Flatpak;
  • integração Sysprof;
  • Fleet Commander deverá lançar um release;
  • suporte a digitalização de impressões digitais deve estar em melhor forma;

    Fedora 31 não terá mais pacotes do Linux Kernel i686
    Fingerprint
  • GameMode da Feral estará disponível;
  • entrada de Totem da Dell e suporte a novos codecs de mídia.

    Fedora 31 não terá mais pacotes do Linux Kernel i686
    Dell Totem

Aqueles que desejam saber mais podem fazê-lo via Blog de Christian.

Fedora 31 não terá mais pacotes do Linux Kernel i686

Porém, relembramos que o Fedora 31 só será lançado até o final de outubro. Do mesmo modo, o prazo para a conclusão da mudança é em meados de agosto, seguido pelo lançamento da versão beta em meados de setembro.

 

Written by Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Roubaram informações da Nasa com um Raspberry Pi

Roubaram informações da Nasa com um Raspberry Pi

Canonical lança patch de segurança do Kernel

Canonical lança patch de segurança do Kernel