in

Firefox completa 15 anos

A versão 1.0 do Firefox foi lançada no dia 9 de novembro de 2004.

Firefox completa 15 anos

Um dos navegadores mais populares de todos os tempos completou no sábado, dia 9 de novembro, 15 anos de existência. Esta foi a data, em 2004, que a versão do Firefox 1.0 foi lançada pela Mozilla. Se hoje a luta é contra a hegemonia do Chrome do Google, naquela época reinava absoluto o Internet Explorer, da Microsoft, que então, dominava cerca de 90% do mercado. Os demais concorrentes somados chegavam aos 10% restantes. O Firefox completa 15 anos, porém, não nasceu naquele dia.

Firefox completa 15 anos. Senta que lá vem a história.

Isto porque o navegador Mozilla era originalmente o codinome do Netscape Navigator. Por vários anos, a Netscape tentou competir com a Microsoft com seu navegador da Web, sem êxito. Em seguida, a Netscape Communications teve a idéia de liberar o código fonte do seu navegador Netscape 4.7 e convertê-lo em um projeto de software livre.

Aqui foi o começo do Firefox. Assim, uma comunidade de desenvolvedores foi criada para o design de um novo navegador aprimorado e focada no monitoramento dos padrões da Web W3C. O projeto Mozilla nasceu, assumindo o nome de código do Navegador.

O Mozilla foi reescrito quase do zero depois de decidir que um novo conjunto de widgets de plataforma cruzada baseado em XML chamado XUL seria desenvolvido e usado como base. Isso demorou muito mais para aparecer do que o planejado inicialmente, lançando uma versão 1.0 de alta qualidade, traduzida para um grande número de idiomas e multiplataforma, em 5 de junho de 2002.

O Mozilla foi posteriormente abandonado pela Netscape Communication e com ele nasceu a Mozilla Foundation.

Por que Firefox?

Por outro lado, o navegador sofreu para a escolha de um nome para ele. O nome do Firefox não era o original.

O Firefox, originalmente aberto, tinha o nome “Phoenix”, porém, devido a problemas legais, teve que ser alterado, pois o nome já estava registrado pelo desenvolvedor da BIOS Phoenix Technologies.

Em seguida, outra decisão foi tomada e o segundo nome escolhido foi “Firebird”, o que causou polêmica por parte do banco de dados do Firebird. Então, tiveram de considerar variações como « Navegador Firebird »e« Mozilla Firebird ».

Firefox 15 anos

Foi então que, em 9 de fevereiro de 2004, ele finalmente foi renomeado para Mozilla Firefox.

E alguns meses depois, a versão 1.0 do Firefox “em 9 de novembro de 2004” seria lançada.

No mesmo ano e algumas semanas antes da primeira versão pública do Ubuntu ser anunciada.  Essa versão do Ubuntu tinha a versão 0.9 do Firefox.

Mudanças ao longo do tempo

Firefox completa 15 anos

 

Bem, desde então, o navegador passou por várias alterações, das quais, nos primeiros anos, muitas delas foram as principais atrações do navegador para conquistar um grande número de seguidores.

Uma das mais emblemáticas foi a capacidade de melhorar a experiência de usar o navegador com a ajuda dos complementos, bem como a navegação com guias, um gerenciador de downloads.

Quanto ao desenvolvimento do navegador, durante os primeiros anos foi bastante lento, pois não havia um calendário estabelecido. Assim, em 2011 havia o Firefox 4 e três meses depois o Firefox 5 seria lançado.

Nesse mesmo ano com o Firefox 4 e a partir do lançamento do Firefox 5, foi estabelecido o processo de desenvolvimento dividido em vários “canais”, cada um trabalhando em uma construção em um estágio diferente de desenvolvimento, do qual nasceriam as versões Nightly, “Aurora” com até seis semanas de diferença de “Nightly”, que mais tarde seria renomeado como “Developer Edition”.

Por outro lado, o ciclo de desenvolvimento seria estabelecido após o lançamento de uma nova versão a cada 6 semanas. Hoje, o Firefox tem um calendário mais previsível e muitos recursos e inovações. No entanto, ainda não consegue fazer frente ao número de usuários do Chrome, além de vários outros navegadores baseados em Chromium.

Com informações de Ubunlog

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

KDE traz novas configurações de proteção de tela

KDE traz novas configurações de proteção de tela

5-distribuicoes-linux-para-recuperacao-de-arquivos

5 distribuições Linux para recuperação de arquivos!