in

GNOME 3.32 deve estrear no Fedora 30

Mutter do GNOME 3.34 obtém correção importante para evitar engasgos

Os novos lançamentos do Fedora estão de mãos dadas com os últimos e melhores lançamentos do GNOME. Porém, formalmente, a proposta de mudança foi submetida para ser aprovada oficialmente. Assim, o Fedora Workstation 30 deve vir com o desktop GNOME 3.32. Confira neste post que o GNOME 3.32 deve estrear no Fedora 30.

Falta aprovação formal

Com a necessidade de aprovação do Comitê de Engenharia e Direção do Fedora (FESCo), a proposta de mudança foi elaborada para atualizar o GNOME pra a versão 3.32, que será lançada em março.

O GNOME 3.32 continuará com vários aprimoramentos do Wayland, aprimoramentos do Epiphanyotimizações de desempenhouso crescente do sistema de compilação do Mesonremoção de menus do aplicativo e outros trabalhos.

Em relação ao GNOME 3.32 Wayland, alguns dos itens merecem atenção.  Eles melhoraram muito a experiência com o hardware de tela ASpeed e se comportaram corretamente para telas de não-60Hz e hot-plugging de GPU. Além disso, possui melhor desempenho de tela USB.

Fedora planeja um identificador exclusivo

Fedora 31 não será cancelado Os desenvolvedores do Fedora estão procurando implementar um identificador UUID por sistema, utilizando o gerenciador de pacotes DNF. Assim, devem contar com mais precisão sua base de usuários.

Matthew Miller, da Red Hat, que atualmente preside o Conselho Fedora, apresentou a proposta para o Fedora 30. Então, seria um identificador exclusivo por sistema, usado exclusivamente pelo DNF, para melhor estimar a base de usuários do Fedora. Tal como está agora, o Fedora tenta estimar sua base de usuários somente em IPs únicos que lidam com seus arquivos de pacotes.

Identificação detalhada

Além de comunicar o UUID aos servidores Fedora, a variante do Fedora (por exemplo, Fedora Workstation vs. Fedora Server e os diferentes spins) também seria comunicada para medir a sua popularidade. Do mesmo modo, seria comunicada se é uma instalação de curta duração, como um container Fedora ou instância de nuvem sob demanda, em oposição a uma instalação de longo prazo. No entanto, a proposta é rápida em esclarecer que a intenção não é rastrear usuários, mas apenas contar. Esse UUID não seria reutilizado por outros sistemas.

Contagem poderá ser desativada

Um gerenciador de pacotes UUID não é totalmente novo. O openSUSE já utiliza uma abordagem semelhante para fornecer métricas em sua base de instalação. Ter um número preciso na base de usuários do Fedora será útil para manter ou ampliar fundos/recursos do Fedora na Red Hat. Isso é especialmente após a aquisição da Red Hat pela IBM no final de 2018 e quaisquer mudanças que possam vir pela frente .

Detalhes sobre este plano para o Fedora 30 podem ser encontrados através do Wiki do Fedora. Para aqueles que não se sentem à vontade ??com um DNF UUID, haveria um meio “fácil” de desativar essa coleta de dados.

Firefox do Fedora terá melhorias

Firefox Nightly Builds agora tem Wayland habilitado

No mês passado, os desenvolvedores do Fedora estavam planejando construir seu pacote Firefox com o Clang, em vez do GCC. Assim, acompanharia o movimento da Mozilla na transição do GCC para o LLVM Clang. No entanto, agora o Fedora inverteu o curso e continuará a construir com o GCC, embora agora se beneficie também das otimizações de PGO e LTO.

Depois de anunciar seus planos de migrar para o Firefox construído pelo Clang e para o Fedora (e receber a permissão necessária do comitê do FESCo), eles estão aderindo à Coleção de Compiladores GNU.

Desenvolvedores do GCC da Red Hat e SUSE pesquisaram, encontraram e corrigiram alguns bugs que melhoraram a construção do Firefox. Além disso, os argumentos contra a Clang foram levantados com base em recursos e segurança ausentes.

Resultado

Como resultado, o Firefox para o Fedora continua a ser construído com o GCC. Porém, graças às correções mais recentes, o pacote do Firefox será construído usando LTO (Link Time Optimizations) e PGO (Profile Guided Optimizations) para melhorar o desempenho.

Atualmente, há atualizações pendentes para o Fedora 28 e o Fedora 29, que oferecem essas versões otimizadas do Firefox e, em breve, serão lançadas como atualizações de versão estáveis.

velocímetro

Mais detalhes nesta postagem de blog do Fedora Firefox packager Martin Stransky.

Fonte

Written by Claylson

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

debian-10-buster-possui-cerca-de-150-bugs-criticos

Debian 10 “Buster” trabalha melhorias no UEFI SecureBoot

Chrome testa modo escuro para Android

Chrome testa modo escuro para Android