Take a fresh look at your lifestyle.

Lançado HandBrake 1.1.0 com melhorias na interface e suporte Intel Quick Sync for Linux

Uma nova versão do HandBrake, transcodificador de vídeo que nos permite converter nossos arquivos multimídia para todos os tipos de formatos, foi apresentada.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

O HandBrake facilita a realização de ações como alterar o tamanho do vídeo, reproduzir em escala de cinza e outros filtros. Assim, também é possível realizar o desentrelaçamento ou redução de ruído, processamento em lote, otimização para a web, bem como gerenciar legendas ou capítulos. Então, entre outras novidades, estão a compatibilidade com uma infinidade de containers e codificações de áudio/vídeo : MP4, MKV, H.265, H.264, AAC, MP3, FLAC, AC3, Vorbis, VP8, VP9, ??Theora, MPEG-4 etc. Nesta postagem, conheça o novo HandBrake 1.1.0 que permite converter arquivos de vídeo.

Destaques do novo HandBrake

Entre as novidades, incluíram a chegada para Linux do codificador Quick Sync Vídeo Intel, integrado em muitas CPUs do fabricante. Assim, isto permite uma rápida transcodificação por hardware, embora haja alguma perda de qualidade. Por enquanto, este é um suporte experimental no Linux (já estava disponível no Windows). No geral, também ganhou compatibilidade com o H.265/HEVC de 10 bits .

No Linux, também foi incluída uma opção de configuração relacionada à falta de espaço em disco e suporte para as versões mais recentes do Ubuntu (incluindo o próximo 18.04 LTS).

Ao mesmo tempo a interface foi melhorada. Assim, controles são apresentados de uma forma menos caótica. Além disso, os ícones foram atualizados para torná-los compatíveis com displays de alta resolução, Surgiu ainda uma nova guia, que permite a ter uma ideia da configuração definida com uma simples olhada.

Presets de ajustes

O número de pré-ajustes (presets), isto é, as pré-seleções estabelecidas de acordo com o dispositivo e o codec, aumentou. Assim, isso é válido tanto para serviços online (Vimeo, YouTube), dispositivos de reprodução audiovisuais ( Apple TV, Chromecast, TV Fire, Roku ), contêineres ( Matroska 2160p/4k ), ou pós-produção de vídeo.

Além disso tudo, foram adicionados dois novos filtros (Unsharp e Laplacian LapSharp), melhorados alguns existente (CSM) e suporte para rotação de vídeo em dispositivos móveis. Muitas bibliotecas de terceiros também foram atualizadas e todos os tipos de erros anteriores foram corrigidos.

HandBrake na linha de comando

O HandBrake não possui apenas interface gráfica. Ele também oferece uma opção via linha de comando.. Assim, o Handbrake também recebeu melhorias para funcionar no Terminal. Destaques para a seção de streaming, a compatibilidade com JSON ao exportar informações e a definição de parâmetros de áudio automáticos.

O HandBrake é um software livre e multiplataforma (Linux, macOS, FreeBSD, Windows). Então, ele está disponível nos repositórios de sua distribuição GNU/Linux favorita.

Assim, para adicionar o HandBrake no Ubuntu, Debian e derivados, adicione o PPA:

sudo add-apt-repository ppa:stebbins/handbrake-releases
sudo apt-get update

Para instalar o HandBrake gtk use o comando:

apt-get install handbrake-gtk

Para instalar o HandBrake CLI use o comando:

apt-get install handbrake-cli

Neste post, você conheceu o novo HandBrake 1.1.0 que permite converter arquivos de vídeo. Mais informações sobre esta edição do HandBrake 1.1 no site do projeto.

Via HandBrake La Mirada del Replicante

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comments