in

Huawei já teria Hongmeng OS Linux para celulares e laptops

Por enquanto, nada é confirmado oficialmente pela empresa.

Produtos da Huawei conseguem espionar americanos?

De acordo com o site Huawei Central, o novo sistema operacional se chama “Hongmeng” é baseado no Linux e seu nome é derivado da palavra mitológica chinesa.

Um nome como esse combina perfeitamente com sua série de processadores “Kirin”, que também é derivada do nome de uma criatura mítica “Qilin”.

Também está sendo dito que este será usado como um sistema operacional universal para plataformas cruzadas, incluindo telefones e notebooks.

Em março, o CEO da Huawei, Richard Yu, disse que planeja um Plano B em breve para o caso de os smartphones e computadores Huawei não usarem o sistema operacional Android ou Windows após as tensões entre a Huawei e os EUA.

Como já falamos por aqui, o Google suspendeu o suporte do programa de software da Huawei e negou, e os futuros smartphones da Huawei também perderão o acesso a quaisquer serviços do Google, incluindo a Play Store. Microsoft, Intel, Qualcomm entre outras seguirão o mesmo caminho.

A decisão veio depois que os Estados Unidos adicionaram a empresa a uma lista (Entity List) de empresas com as quais as empresas americanas não podem negociar, a menos que tenham uma licença. Isso significa que a Huawei não pode comprar equipamentos das empresas dos EUA sem aprovação prévia do governo.

Lançamento do Hongmeng OS Linux da Huawei para celulares e laptops até o início de 2020

Google proíbe a Huawei de usar Android, Google Play, Gmail e outros serviços

De acordo com o CEO da Huawei, Yu Chengdong, o primeiro sistema operacional auto-desenvolvido da Huawei será lançado em breve e no máximo no próximo ano. Curiosamente, o novo sistema operacional Huawei será compatível com todos os telefones, tablets, televisores e dispositivos portáteis da Huawei.

Vale ressaltar que o sistema operacional da Huawei também é compatível com todos os aplicativos Android e todos os aplicativos da web.

Ainda de acordo com o site Huawei Central, o futuro sistema operacional da empresa está planejado para ser diferente da arquitetura atual do Android. Porém há certos problemas que a empresa enfrentava em relação ao desenvolvimento do Hongmeng. Além disso, também há alguns desafios esperando por ele quando for lançado comercialmente em seu ecossistema de dispositivos, diz uma fonte interna relacionada à Huawei.

Huawei estava desenvolvendo sua própria versão do Play Store

Huawei já teria Hongmeng OS Linux para celulares e laptops

A Huawei já tem sua própria loja de aplicativos para os smartphones Huawei e Honor como “App Gallery”. Agora um novo relatório afirma que a empresa estava desenvolvendo sua própria versão do Google Play Store, porém ficou em suspenso devido à recente proibição nos EUA.

De acordo com a Bloomberg, a Huawei informou aos seus parceiros que até o final de 2019, a empresa teria 50 milhões de europeus usando sua própria versão de loja de aplicativos, em vez da loja do Google. A empresa também pediu a operadoras de telefonia móvel na Europa para divulgar essa nova loja de aplicativos.

O novíssimo Huawei OS será compatível com todos os aplicativos Android. A informação foi confirmada pelo CEO do negócio de consumo da Huawei Yu Chengdong. Não haverá novas atualizações EMUI para qualquer dispositivo Huawei depois que o Google terminar o suporte ao software.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Após boicote da Microsoft, Huawei se aproxima do Linux

Após boicote da Microsoft, Huawei se aproxima do Linux

Total War: Three Kingdoms liberado para Linux, Windows e Mac

Total War: Three Kingdoms foi liberado para Linux, Windows e Mac