in

Huawei para os EUA: veja seu próprio histórico de espionagem antes de nos acusar

Ela reiterou que não possui as habilidades de espionagem que os EUA alegam.

Google explica exatamente por que seus aplicativos não estão em novos telefones Huawei
Imagem: Reprodução | Tech Spot.

Após as alegações de autoridades americanas de que há evidências de espionagem por parte da Huawei, a empresa chinesa revidou. A Huawei reiterou que não possui as habilidades de espionagem que os EUA alegam e que os próprios EUA têm um extenso histórico de espionagem nas redes de telefonia móvel.

Huawei e o histórico de espionagem dos EUA

A Huawei, em comunicado enviado a organizações de notícias, afirmou:

Como evidenciado por meio dos vazamentos de Snowden, a América tem secretamente acesso a redes de telecomunicações internacionais, espionando diferentes países há um bom tempo. O documento do Washington Publish desta semana sobre como a CIA usou uma empresa de criptografia como agente secreto em diferentes países por muitos anos é apenas mais uma evidência.

Em uma reportagem do Wall Street Journal, autoridades de segurança nacional afirmaram que os EUA têm evidências de que a Hauwei tem acesso às redes de telefonia móvel usando backdoors. Como de costume, o governo se recusou a compartilhar essas evidências com o público. Porém, forneceu detalhes a aliados, incluindo o Reino Unido e a Alemanha, que foram advertidos a não usar equipamentos da Huawei em suas redes 5G. Caso estes países resolvam usar a tecnologia da empresa chinesa, perderão privilégios de compartilhamento de informações com os EUA.

O Journal observa que os fabricantes que vendem equipamentos de telecomunicações para operadoras devem incluir backdoors para que as autoridades acessem a rede para fins legais. Todavia, os fabricantes são obrigados a construir equipamentos de forma que os próprios fabricantes não possam ter acesso sem o consentimento da operadora da rede. Autoridades dizem que o equipamento da Huawei permite que a empresa acesse essas redes sem o conhecimento da operadora. Por outro lado, a empresa insiste que isso é impossível.

A Huawei se defende

A empresa diz:

A Huawei é apenas um fornecedor de equipamentos. Nesse papel, seria impossível acessar as redes dos clientes sem sua autorização e visibilidade. Não temos a capacidade de ignorar operadoras, controle de acesso e obter dados de suas redes sem ser detectado por todos os firewalls ou sistemas de segurança normais. De fato, mesmo o The Wall Street Journal admite que as autoridades americanas são incapazes de fornecer detalhes concretos sobre essas chamadas “backdoors”.

Huawei para os EUA: veja seu próprio histórico de espionagem antes de nos acusar
O hardware 5G e o Mate 30 da Huawei não usam mais componentes americanos. Crédito da imagem: REUTERS | Rodrigo Garrido.

Por fim, a Huawei acrescentou que as “interfaces de interceptação estão sempre localizadas em instalações protegidas do lado do operador”. Além disso, afirmou que elas são administradas e usadas “exclusivamente por transportadoras e reguladores”.

Fonte: Tech Spot

Escrito por Leonardo Santana

Astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Será que seus eletrônicos comprados da China podem vir com o coronavírus embutido?

Será que seus eletrônicos comprados da China podem vir com o coronavírus embutido?

Rhythmbox 3.4.4 adiciona o plug-in ListenBrainz e ganha novo ícone

Rhythmbox 3.4.4 adiciona o plug-in ListenBrainz e ganha novo ícone