in

Internet mais rápida do mundo chega a 178.000 Gbps

Isso é rápido o suficiente para baixar todo o catálogo da Netflix em menos de um segundo!

Internet mais rápida do mundo chega a 178.000 Gbps
Imagem: UCL.

Pesquisadores da University College London (UCL) em parceria com especialistas estabeleceram um novo recorde mundial de taxa de transmissão de dados, ou seja, a internet mais rápida do mundo.

A equipe foi capaz de atingir uma taxa de transmissão de dados de 178 terabits por segundo. Isso é rápido o suficiente para baixar todo o catálogo da Netflix em menos de um segundo! É um quinto mais rápido que o recorde anterior estabelecido por uma equipe japonesa.

Internet mais rápida do mundo chega a 178.000 Gbps

A façanha aconteceu em um laboratório onde os pesquisadores utilizaram uma gama muito mais ampla de comprimentos de onda em comparação com o que é normalmente usado em fibra óptica (16,8 THz versus 4,5 THz).

Internet mais rápida do mundo chega a 178.000 Gbps
A equipe foi capaz de atingir uma taxa de transmissão de dados de 178 terabits por segundo. Isso é rápido o suficiente para baixar todo o catálogo da Netflix em menos de um segundo! Imagem: @jjying | Unsplash.

Para que isso aconteça, a equipe desenvolveu novas combinações de sinais que fazem o melhor uso de várias propriedades da luz; e combinou várias tecnologias de amplificadores para aumentar a potência do sinal nas faixas de dados mais amplas. Melhor ainda, ao atualizar amplificadores ao longo das rotas de fibra, a infraestrutura existente pode ser acelerada por uma fração do que custaria para instalar um novo cabo.

Enfim, os interessados em mergulhar mais fundo são incentivados a verificar o artigo dos pesquisadores sobre o assunto: Optical Fibre Capacity Optimisation via Continuous Bandwidth Amplification and Geometric Shaping (Otimização da capacidade da fibra óptica por meio de amplificação contínua da largura de banda e formato geométrico), publicado no periódico IEEE Photonics Technology Letters.

Felizmente, a infraestrutura existente não se dobrou sob o estresse da COVID-19. Mas olhando para o futuro, não há dúvida de que precisaremos de conexões mais rápidas para dar suporte ao nosso mundo cada vez mais digital.

Fonte: Tech Spot

Hackers podem espionar o tráfego da Internet via satélite com apenas US$ 300 em equipamentos

6 dicas sobre como diminuir a sobrecarga na internet durante a quarentena

Internet Archive enfrenta processo por doar eBooks de graça

Dicas para evitar lentidão na internet da sua casa