in

Istio 1.7 oferece recursos de nuvem híbrida

Saiba mais sobre os novos recursos que suportam o desenvolvimento em um ambiente de nuvem híbrida.

istio-1-7-oferece-recursos-de-nuvem-hibrida

anuncio de Istio 1.7 oferece melhoras significativas à experiência operacional do Istio. Vários novos aprimoramentos de recursos, incluindo upgrades de planos de controle, integração de máquinas virtuais e uma experiência central Istiod, torna o Istio mais fácil de operar e expande seus recursos para ambientes de nuvem híbrida. Este artigo apresenta os novos recursos no lançamento, fala sobre o investimento da IBM no Istio e explica como o Istio é crucial para desenvolver um ambiente de nuvem híbrida aberta.

Melhorias de recursos

Múltiplas atualizações de plano de controle. As atualizações de Canary que permitem aos operadores implantar novos planos de controle em paralelo estão geralmente disponíveis em Istio 1.7. Depois de atualizado, você pode verificar o plano de controle usando integração contínua e os recursos de telemetria do Istio. Finalmente, as cargas de trabalho são transferidas para o novo plano de controle. Para uma rápida olhada neste recurso, assista ao seguinte vídeo:

Integração de Máquinas Virtuais. O Istio teve integração com a máquina virtual desde seus primeiros lançamentos, embora houvesse alguns problemas de usabilidade. Com o Istio 1.7, a integração da máquina virtual está se aproximando da qualidade beta. O objetivo da integração da máquina virtual é conectar as cargas de trabalho da máquina virtual a uma malha de serviço, de forma que uma máquina virtual se comporte como outra carga de trabalho no Istio. A nova API WorkloadEntry no Istio 1.7 trata VMs como pods do Kubernetes, para que você possa gerenciar sua infraestrutura com APIs. Além disso, implementamos muitos aprimoramentos de segurança, incluindo bootstrapping de token e rotação de certificados. Ainda estamos desenvolvendo a integração da máquina virtual, mas você pode usar a documentação de qualidade alfa para conectar uma máquina virtual a uma malha de serviço. O trabalho está progredindo rapidamente com um grande grupo de desenvolvedores interessados.

Central Istiod.  Desenvolvido pela IBM, o Istiod central foi parcialmente implementado no Istio 1.6 e agora tem qualidade alfa no Istio 1.7. O benefício do Istiod central é que agora é viável oferecer o desacoplamento do plano de controle do Istio do plano de dados para um suporte operacional aprimorado. Além disso, o Central Istiod atende ao requisito de multilocação e é a primeira etapa em direção à jornada de multilocação para o Istio.

Trabalho liderado pelos IBMistas Lin Sun e Shao Jun Ding apresenta um novo modelo de implantação para o Istio que permite aos operadores de malha instalar e gerenciar o plano de controle de malha em clusters dedicados, separados dos clusters de plano de dados. No vídeo a seguir, Shao Jun Ding apresenta a você o Central Istiod:

Melhorias Adicionais

Algumas outras melhorias em Istio 1.7 que você deve saber incluem:

  • Testing e qualification improvements. Nossa comunidade de Istio está ficando mais rigoroscom testes que produzem um melhor resultado do projeto a cada lançamento. Na última contagem, Istio tinha 20k+ tests funcionais, e45k+ testes de unidade.
  • Movendo para o Envoy xDSv3. xDS é a API subjacente que apresenta um protocolo de plano de dados gerenciado pelo Istio. Essa alteração de versão principal oferece desempenho e escalabilidade aprimorados.
  • Interface de rede de contêiner Istio. O Istio CNI permite que as cargas de trabalho do Istio sejam executadas sem permissões elevadas no Kubernetes.

Istio permite a portabilidade de workloads, um fator-chave na nuvem híbrida

Um dos maiores desafios para fornecer um ambiente de nuvem híbrida é a necessidade de conectar diferentes ambientes usando tecnologia de rede. Sem conectividade, a portabilidade da carga de trabalho tem sido um desafio para fornecer uma verdadeira experiência de nuvem híbrida.

Com Istio, IBM conecta contêineres e máquinas virtuais em diferentes ambientes de nuvem, incluindo IBM Kubernetes Service, Red Hat OpenShift e Red Hat Enterprise Linux. A malha de serviço do Istio impulsiona a conectividade de rede em nuvem distribuída do IBM Cloud Satellite, oferecendo portabilidade de workloads e interoperabilidade.

Investimento da IBM no Istio

Liderando em inovação. 

No projeto Istio, nossos desenvolvedores se concentram em desenvolver as tecnologias que consideramos mais importantes para criar e habilitar um ambiente de nuvem híbrida aberta. Especificamente, lideramos o esforço para ativar o Istiod central, a primeira etapa em uma jornada para a multi-locação dentro do Kubernetes. A IBM está ativamente envolvida em trazer a integração da máquina virtual para o Istio, tendo desenvolvido grande parte da tecnologia inicial no Istio 1.5, 1.6 e 1.7. Finalmente, a IBM se concentra na capacitação de tecnologia sobreposta, de forma que habilitar uma tecnologia habilite outra.

Apoiando a comunidade. 

Embora haja alguma controvérsia em torno da governança do Istio, a dedicação dos membros da comunidade dá vida ao projeto do Istio e o mantém avançando. A força de qualquer projeto depende desses contribuidores, e a IBM acredita fortemente no suporte à comunidade e esperamos que todos estejam orgulhosos do lançamento do Istio 1.7.

Envolva-se com o Istio

Aqui estão algumas maneiras de se envolver com a comunidade e o projeto do Istio:

Steven Dake é um líder de código aberto na IBM. Ele é o mantenedor do projeto Istio e atua como líder do grupo de trabalho dentro do Environments Working Group.

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.