Categorias

Android

Games

Notícias Linux

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias Linux

05/09/2018 às 11:00

5 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Kernel 4.19 será a próxima série LTS

As 5 melhores distribuições Linux para desenvolvimento

A próxima série de kernel Linux suportada a longo prazo foi revelada recentemente como o Linux 4.19 pelo desenvolvedor e mantenedor Greg Kroah-Hartman. Então, agora é oficial: Linux Kernel 4.19 será a próxima série LTS (Long Term Support).

Agora que o kernel 4.17 do Linux chegou ao fim da vida e o recém-lançado kernel Linux 4.18 não parece ter o que precisa para se tornar LTS, a comunidade LTSI (Long-Term Support Initiative) questionou Greg Kroah-Hartman para saber qual será a próxima série de kernel LTS Linux.

Nós pedimos para GregKH. O 4,19 será o próximo LTS? A resposta foi sim. A versão LTS será lançada no final do ano. Então será 4,19. Nós esperávamos 4,20 em junho, mas algum atraso aconteceu na verdade. – LinuxLTSI (@LinuxLTSI) 29 de agosto de 2018

Segundo o site Softpedia, a resposta é sim: o próximo kernel 4.19 será LTS. Portanto, ele será suportado por pelo menos dois anos após seu lançamento inicial. No momento, existem cinco ramificações de kernel do Linux de suporte de longo prazo. São eles: o Linux 4.14, o Linux 4.9, o Linux 4.4, assim como o Linux 3.16 e o Linux 3.18.

Kernel 4.19 deve ser lançado em meados de outubro

Kernel 4.19 será a próxima série LTS

Imagem: Devianart

A série de kernel Linux 4.19 entrou recentemente em desenvolvimento, com o próprio Linus Torvalds iniciando o desenvolvimento no final do mês passado com o primeiro Release Candidate (RC), após duas semanas de mesclagem que foi encerrada em 26 de agosto.

O ciclo de desenvolvimento continuará com as versões semanais do Release Candidate até o lançamento final, em meados de outubro de 2018. O kernel Linux 4.19 poderia ser lançado entre 14 de outubro ou 21 de outubro de 2018.

Os destaques do kernel Linux 4.19 incluem:

  • um novo driver alternativo de modo de exibição USB Type-C;
  • numerosos aprimoramentos de KVM x86;
  • suporte a dispositivos LPSS (Low Power Subsystem);
  • aprimoramentos ARM de 64 bits e DRM;
  • suporte Qualcomm Adreno 600;
  • bem como mitigações adicionais do Specter para CPUs IBM POWER.

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Os comentários estão desativados.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.