in

Kernel Linux 5.2 chega ao fim da vida útil

Linux 5.2.21 é a última versão de manutenção da série. Usuários são convidados a atualizar para o Linux Kernel 5.3

Kernel Linux 5.2 chega ao fim da vida útil

Greg Kroah-Hartman, um renomado desenvolvedor de kernel Linux, anunciou recentemente que a série Linux 5.2 chegou ao fim da vida útil. Portanto, os usuários devem agora atualizar para o kernel 5.3 do Linux. Lançada no início de julho de 2019, a série de kernel Linux 5.2 trouxe vários novos recursos e aprimoramentos. Portanto, o Kernel Linux 5.2 chega ao fim da vida útil.

Recursos do Kernel Linux 5.2 que chega ao fim da vida útil

  • Entre os recursos do Kernel 5.2 podemos mencionar um firmware de código aberto para suportar dispositivos de áudio DSP;
  • suporte para nomes que não diferenciam maiúsculas de minúsculas no sistema de arquivos EXT4;
  • um novo sistema de arquivos API de montagem;
  • melhor monitoramento de recursos para dispositivos Android;
  • bem como novos drivers de GPU de código aberto para dispositivos ARM Mali.

Além disso, o kernel 5.2 do Linux introduziu:

  • algumas melhorias de desempenho no agendador de E/S BFQ;
  • uma nova infraestrutura de bug da CPU que protege melhor seus computadores contra as vulnerabilidades de hardware Intel MDS (Microarchitectural Data Sampling) divulgadas recentemente;
  • e um novo alvo de “dust” do mapeador de dispositivos para simular dispositivos com setores defeituosos e falhas de leitura.

Contudo, como todas as coisas boas devem terminar, o kernel do Linux 5.2 chegou ao fim da vida útil com a atualização de manutenção 5.2.21 lançada por Greg Kroah-Hartman na semana passada. Portanto, agora os usuários são convidados a atualizar seus sistemas Linux para uma série mais recente de kernel Linux, especificamente o Linux 5.3.

Estou anunciando o lançamento do kernel 5.2.21. Todos os usuários da série 5.2 devem atualizar, disse Greg Kroah-Hartman em um anúncio na lista de discussão. Observe que este é o kernel do LAST 5.2 a ser lançado, agora está em fim de vida. Você deve passar para a série 5.3.y do kernel neste momento.

Atualizando para o kernel Linux 5.3

Kernel Linux 5.2 chega ao fim da vida útil

O kernel Linux 5.3 foi anunciado no mês passado com:

  • o suporte para Intel Speed Select em servidores Xeon;
  • suporte para placas gráficas AMD Radeon Navi;
  • suporte para processadores Zhaoxin x86;
  • também há suporte para o mecanismo de fixação em CPUs com potência assimétrica;
  • suporte para o hipervisor incorporado ACRN;
  • suporte para 16 milhões de novos endereços IPv4 na faixa 0.0.0.0/8;
  • e, finalmente, suporte para as instruções umwait x86 para um espaço de usuário mais econômico.

Se você estiver usando uma distribuição GNU/Linux alimentada pela série de kernel Linux 5.2, é altamente recomendável atualizá-la para a versão de manutenção mais recente, ou seja, o Linux 5.2.21. Ela pode ser baixada agora em kernel.org. Do mesmo modo, é possível atualizar para a versão mais recente da série do kernel Linux 5.3, a saber, o kernel 5.3.6 do Linux neste momento.

Para atualizar os pacotes do kernel para a série do kernel Linux 5.3, você deve solicitar ao fornecedor do SO Linux para disponibilizar a nova versão nos repositórios de software estáveis e simplesmente atualizar sua instalação, ou compilar as fontes do kernel 5.3.6 do Linux baixando-o do kernel.org.

Via Softpedia

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

como-instalar-o-cloudcompare-no-ubuntu-fedora-debian-centos-e-opensuse-um-software-de-processamento-de-nuvem-de-pontos-3d

Como instalar o CloudCompare no Ubuntu, Fedora, Debian, CentOS e openSUSE! Um software de processamento de nuvem de pontos 3D

como-instalar-o-adobe-flash-player-no-ubuntu-fedora-debian-centos-e-opensuse

Como instalar o Adobe Flash Player Projector no Ubuntu, Fedora, Debian, CentOS e openSUSE! Player para conteúdo criado usando o Adobe Flash!