Lançado GNOME 42 Alpha com muita portabilidade GTK4

Claylson Martins
4 minutos de leitura

Acaba de ser lançada a versão alfa do GNOME 42. O novo ambiente já está disponível para teste e pode fazer parte da distribuição Ubuntu Linux 22.04 LTS. A boa notícia é que o GNOME 42 Alpha lançado já traz muita portabilidade GTK4, um dos pontos cruciais para que ele seja usado pelo novo Ubuntu.

A expectativa da equipe de desenvolvimento do GNOME 42 é que tudo esteja pronto para o lançamento estável em março. Por enquanto, fica disponível somente o “42.alpha”. Nos últimos meses, houve muita portabilidade do GTK3 para GTK4 dos componentes do GNOME 42. O maior destaque nesse sentido é em relação ao uso do libadwaita. Além disso, temos o suporte para o modo escuro ou opção de preferência escura.

Lançado GNOME 42 Alpha com muita portabilidade GTK4. As principais mudanças são:

Lançado GNOME 42 Alpha com muita portabilidade GTK4
Lançado GNOME 42 Alpha com muita portabilidade GTK4
  • O Baobab, analisador de uso de disco, teve uma portabilidade para GTK4 e libadwaita;
  • O GNOME Calls passa a mostrar avatares no histórico de chamadas e na exibição de chamadas;
  • O navegador da web Epiphany suporta a preferência de tema escuro do sistema. Por sua vez, também atualiza seu PDF.js e corrige vazamento de memória. Do mesmo modo, sempre ativa seu modo de composição acelerada. O navegador Epiphany também já prepara a migração para GTK4;
  • O gerenciador de login do GDM atualizou o udev para ter suporte ao NVIDIA Wayland;
  • GNOME Bluetooth está no GTK4;
  • O GNOME Boxes para virtualização introduziu uma nova caixa de diálogo de preferências, portando alguns widgets para o libhandy e outras melhorias;
  • O GNOME Builder adiciona: plug-in BuildStream, suporte a Rubucop, plug-in Clangd experimental, integração Clang-Format, melhorias no manuseio do protocolo de servidor de linguagem, suporte para servidores de linguagem Intelphense e Blueprint, entre outras melhorias;
  • GNOME Calculator tem suporte para compilações de desenvolvimento Flatpak e migra para GTK4;
  • GNOME Clocks no GTK4 e libadwaita;
  • O GNOME Desktop divide o libgnome-desktop em componentes gnome-desktop, gnome-rr e gnome-bg;
  • O GNOME Disk Utility suporta a preferência de tema escuro, prepara para GTK4 e outras atualizações;
  • GNOME Maps com muitas melhorias;
  • O software GNOME atualiza vários elementos da interface do usuário, fornece um progresso de atualização do sistema mais informado, permite a pesquisa de extensões, adiciona novos aplicativos GNOME Circle ao carrossel em destaque, melhora o suporte a metadados para Snaps e outras melhorias;
  • O gerenciador de arquivos Nautilus melhora o design da interface de usuário de renomeação de arquivos, melhora os visuais da interface do usuário de conflitos de arquivos, suporta pesquisa por tempo de criação de arquivos, adiciona arquivos compactados a arquivos recentes e portas para GTK4;
  • O media player Totem adiciona suporte para legendas MPL;
  • As muitas melhorias do GNOME Shell e Mutter para 42.alpha;
  • O anúncio de lançamento do GNOME 42 Alpha pode ser lido no devel-announce-list.

O GNOME 42 fará parte também do Fedora Workstation 36 que deve sair quase ao mesmo tempo do Ubuntu. Já o sistema operacional da Canonical, Ubuntu 22.04 LTS planeja usar componentes do GNOME 42 não dependendo do GTK4.

Share This Article
Follow:
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.