Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias

25/06/2020 às 15:00

5 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Microsoft compra fornecedor de segurança IoT e ICS CyberX

Microsoft compra fornecedor de segurança IoT e ICS CyberX

A fome da Microsoft por novos projetos na área de tecnologia parece não ter fim. Depois de grandes aquisições como o GitHub e partir com tudo para o open souve com o Windows Subsystem for Linux, agora a Microsoft compra o fornecedor de segurança IoT e ICS CyberX. A compra foi anunciada no início desta semana.

Assim, a Microsoft adquiriu a CyberX, fornecedora de segurança de Internet das Coisas (IoT) e sistema de controle industrial (ICS), baseada em Massachusetts. Embora o preço de compra não tenha sido divulgado, os relatos da mídia estão especulando entre US$ 150 milhões e US$ 165 milhões. Fundada em 2013, a CyberX levantou US$ 48 milhões em capital de risco, portanto este acordo fornece um bom retorno aos investidores.

A solução principal da CyberX pode monitorar ambientes de IoT e ICS (passiva ou ativamente) para obter informações sobre riscos e vulnerabilidades e alertas em tempo real sobre ameaças e equipamentos operacionais com mau funcionamento. A intenção estratégica por trás da fusão parece ser a expansão do conjunto já presente no Microsoft Azure Security para os ambientes ICS/tecnologia operacional (OT).

Microsoft compra fornecedor de segurança IoT e ICS CyberX e estas são as principais conclusões do acordo Microsoft/CyberX

Microsoft compra fornecedor de segurança IoT e ICS CyberX

Foto: Reprodução / IoT Tech Trends.

Primeiro, é importante destacar a importância cada vez maior da segurança nesses dispositivos IoT e ICS.  Este acordo representa a quarta grande aquisição de um fornecedor de segurança ICS por um fornecedor de segurança de TI maior nos últimos 18 meses, após  a compra da Indegy pela Tenable em dezembro de 2019,  a aquisição da Sentryo pela Cisco em agosto de 2019 e  a compra da SecurityMatters pela Forescout em novembro de 2018. O valor total dessas transações passa dos US$ 400 milhões. A combinação Microsoft/CyberX é a mais recente (mas provavelmente não a última) tentativa de entrar nesse atraente segmento de mercado.

A proteção se tornou imprescindível, já que estamos falando de casas, prédios, empresas superconectados. Não por acaso, eles viraram um dos alvos principais de ataques por ransonware usando principalmente o Windows desatualizados. Com o CyberX, a Microsoft agora tem uma solução para competir no mercado de ICS contra os grandes fornecedores mencionados no item anterior e outros jogos de segurança independentes do ICS, como Claroty, Dragos e Nozomi Networks.

Palavra de um especilista

Segundo o especialista Brian Kime, esse acordo cria um caminho mais rápido para a convergência de TI/OT.  Com o CyberX, a Microsoft está aumentando seus recursos para proteger ativos que não são de TI, como a Internet industrial das coisas, SCADA, DCS e muito mais.

Ainda segundo ele, essa tecnologia também pode ser usada para melhorar a resiliência dos data centers da Microsoft.  À medida que as empresas exigem mais resiliência de seus provedores de nuvem, os data centers estão se tornando mais parecidos com instalações industriais. Portanto, exigem visibilidade e proteção adicionais dos componentes de OT usados nesses data centers. Assim, com a aquisição da CyberX a Microsoft pode aproveitar a mesma tecnologia internamente. A ideia é aprimorar a visibilidade e a resiliência de seus data centers.

Via ZDNet

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.