in

Mozilla corrige complemento em versões antigas do Firefox

Extensão dedicada agora disponível para o Firefox 52-56.

Desenvolvedores da Mozilla não cumprirão completamente o novo manifesto do Chrome

Após o gravíssimo problema com complementos, a Mozilla lançou uma correção oficial para  versões mais antigas do navegador Firefox. Um certificado expirado causou estragos nos usuários do Firefox no início de maio, pois desativou as extensões no navegador e impediu a instalação de novos add-ons. A Mozilla lançou versões atualizadas do Firefox para resolver o problema, incluindo o Firefox 66.0.4 e o Firefox 66.0.5 , prometendo também uma correção separada para versões mais antigas do navegador. Então, o momento chegou e a Mozilla corrige o bug de complemento em versões mais antigas do Firefox.

A correção para bug de complemento

 

Esta correção está agora disponível como um add-on dedicado chamado Disabled Add-On Fix para o Firefox 52-56. Além disso, pode ser instalado a partir do Mozilla usando esta página. A descrição da extensão é bem clara. Então, a simples instalação resolve o problema implantando um novo certificado de segurança no navegador.

Em 3 de maio de 2019, um certificado de segurança expirado impedia que novos e antigos complementos fossem executados ou instalados no Firefox. Lamentamos muito pela inconveniência. Essa extensão instalará um novo certificado de segurança e reativará extensões e temas para as versões 52 a 56 do Firefox, diz a Mozilla.

Se você instalar esta extensão e, em seguida, atualizar para uma versão suportada do Firefox, desinstale esta extensão, pois ela pode não ser compatível com versões atualizadas.

Patch separado para o Firefox 57-65 também em andamento

Mozilla corrige complemento em versões antigas do Firefox

De acordo com GHacks, a mesma extensão pode ser usada para resolver o problema em outros navegadores baseados no Firefox, incluindo, por exemplo, a Waterfox.

Neste ponto, as versões 57 a 65 do Firefox ainda estão para receber essa correção de complemento. Contudo, a Mozilla disse anteriormente que um patch para esses lançamentos estava em andamento também.

A Mozilla disse na semana passada que removerá todos os dados de telemetria coletados dos usuários do Firefox depois de exigirem que eles entrem em seu programa de estudos para receber uma correção emergencial.

A empresa revelou que sua investigação sobre o erro adicional ainda estava em andamento. Do mesmo modo, mais detalhes serão compartilhados em algum momento no futuro. Entretanto, isso ainda depende de uma análise para chegar a uma conclusão. O importante é que a Mozilla passou a agir imeditamente e corrige complemento em versões antigas do Firefox.

Fonte

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Como instalar o Linux Kernel 5.1.1 no Ubuntu, Debian, Fedora, CentOS, Linux Mint e derivados!

Como instalar o Linux Kernel 5.1.1 no Ubuntu, Debian, Fedora, CentOS, Linux Mint e derivados!

Falha no WhatsApp permite que hackers infectem iPhones e celulares Android

Falha no WhatsApp permite que hackers infectem iPhones e celulares Android