in

O novo telefone da Huawei pode medir sua temperatura

O sensor infravermelho suporta temperaturas de -20° C a 100° C.

O novo telefone Honor Play 4 Pro da Huawei possui um sensor para medir temperatura embutido.

Para usar o sensor de temperatura, basta abrir o aplicativo e passar o telefone diretamente na testa, como mostrado neste vídeo. O sensor infravermelho suporta temperaturas de -20° C a 100° C.

O novo telefone da Huawei pode medir sua temperatura

A princípio, considerando a prevalência de sensores de infravermelho nas câmeras, talvez não seja uma surpresa ver a Huawei redirecionando um para medir temperaturas. De fato, a câmera de infravermelho nem está identificada no telefone. Assim, isso nos faz pensar se foi um recurso de última hora que foi reaproveitado para a pandemia.

O novo telefone da Huawei pode medir sua temperatura
Com a pandemia de coronavírus em andamento, verificar a febre quando se sentir doente é uma das primeiras coisas que você deve fazer antes de decidir ir ao hospital. Imagem: Silly Little Man | Flickr.

Em suma, o telefone Honor tem:

  • chip Kirin 990;
  • 8 GB de RAM;
  • 128 GB de armazenamento;
  • duas câmeras fotográficas na parte traseira.

Atualmente, o dispositivo está disponível apenas na China, onde a versão com sensor infravermelho é vendida por cerca de 420 dólares. De qualquer forma, com mais telefones adicionando câmeras de infravermelho por ano, não ficaríamos surpresos ao ver um recurso semelhante aparecer em mais dispositivos no futuro.

Por fim, caso queira ler mais matérias sobre código aberto, Linux, Android, hardware, internet, programação e ficar atualizado com as novidades do mundo da tecnologia, acompanhe as matérias no canal do Sempre Update no Telegram.

Fonte: The Next Web

Leia mais:

Huawei relança o P30 Pro para manter os aplicativos do Google

Drones que podem detectar a COVID-19 estão sendo testados nos EUA

Óculos com inteligência artificial estão encontrando pessoas com coronavírus na China

Ataques virtuais envolvendo coronavírus cresceram 30 mil por cento

Mozilla começa a financiar projetos de tecnologia de código aberto para coronavírus