in

O uso da inteligência artificial no mercado de crédito

O uso de IA avança e já é uma realidade no mercado de crédito. Adeus consultas manuais!

inteligência artificial no mercado de crédito

O crédito é um negócio massivo no Brasil que afeta direta e indiretamente quase todas as partes da economia. Em abril deste ano, o país registrou 62,6 milhões de pessoas inadimplentes. A dívida com bancos é responsável por 52% dessas.

Com milhares de brasileiros dependendo de crédito, qualquer tecnologia que possa fazer até mesmo uma pequena melhora nos retornos de uma companhia sobre os empréstimos que cede, ou que possa melhorar sua participação no mercado, seria importante para o mercado. É por isso que tanto os bancos estabelecidos quanto as startups estão constantemente procurando maneiras de inovar — e a inteligência artificial (IA) pode permitir exatamente isso.

inteligência artificial no mercado de crédito para empréstimos

Em sua essência, o empréstimo é um problema de Big Data. Parte do valor de um empréstimo está vinculada à capacidade de pagamento do indivíduo ou empresa que assumiu o empréstimo. Quanto mais dados você tiver sobre um tomador individual (e como indivíduos semelhantes pagaram dívidas no passado), melhor você poderá avaliar sua credibilidade.

O valor de um empréstimo é, portanto, vinculado a avaliações do valor das garantias (carro, casa, negócios, obras de arte, etc.), o nível provável de inflação futura e previsões sobre o crescimento econômico geral. A promessa da IA ??é que ela pode analisar todas essas fontes de dados para criar uma decisão coerente. É o que já temos visto acontecer com o empréstimo pessoal online.

Determinando a credibilidade

O valor da maioria dos empréstimos é baseado principalmente na probabilidade de um indivíduo ou empresa pagar de volta, de modo que determinar a probabilidade de inadimplência de um indivíduo é crítico para todo o setor. Pode ser uma tarefa complexa, mesmo com informações perfeitas, e muitas vezes a informação está incompleta ou errada, já indivíduos e empresas, às vezes, mentem. Por esse motivo, cada dia mais empresas estão usando IA para avaliação de risco.

Enquanto, no passado, as instituições de crédito analisaram apenas algumas métricas, como a pontuação e os dados de inadimplência, hoje as empresas começam a analisar toda a vida de um indivíduo e até mesmo sua ampla pegada digital para determinar a probabilidade de sua inadimplência. Isso é chamado de “dados alternativos” sobre possíveis tomadores de empréstimos. A ideia é que os dados extras fornecem não apenas mais informações sobre pessoas com um bom histórico, mas que podem ser particularmente úteis para determinar a credibilidade de pessoas sem histórico de crédito tradicional.

Encontrar maneiras novas e melhores de determinar a credibilidade das pessoas é uma forma de aumentar os negócios e conquistar clientes. A eliminação de despesas administrativas e atrasos permite maximizar o montante de lucros para cada empréstimo criado. Por anos, os bancos e outros credores estão usando sistemas de computador para automatizar cada vez mais o processo de empréstimo, mas agora algumas empresas estão tentando automatizar completamente o processo com o uso de inteligência artificial.

Written by Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Telegram fica fora do ar em toda a América

Telegram fica fora do ar em toda a América

FreeBSD 11.3, Skolelinux 10 e OPNsense são atualizados

Intel acelera suporte ao FreeBSD