Notícias

08/01/2020 às 14:00

4 min leitura

Avatar Autor
Por Leonardo Santana

Primeira GPU offboard fabricada pela Intel foi mostrada na CES 2020

As melhores ofertas de software da Black Friday 2021: obtenha o Windows 10 Pro por 11€ e atualize para o Windows 11 Pro gratuitamente!

Após anos de espera e especulações, a Intel finalmente apresentou sua GPU offboard na CES 2020.

Com codinome DG1, ela é baseada na nova arquitetura gráfica Xe da Intel. Além disso, a empresa diz que sua arquitetura moderna pode proporcionar “enormes ganhos de desempenho” quando integrada aos recém-anunciados CPUs Tiger Lake.

Primeira GPU offboard fabricada pela Intel

Sem revelar muito, a Intel mostrou a DG1 lidando com o jogo Destiny 2 durante uma demonstração ao vivo. Além disso, a empresa montou um laptop equipado com a CPU Tiger Lake e um chip gráfico baseado em Xe.

Os processadores Tiger Lake com gráficos Xe devem chegar ainda este ano. Todavia, não há nenhuma palavra sobre data de lançamento da primeira GPU DG1 da Intel.

Primeira GPU offboard fabricada pela Intel foi mostrada na CES 2020

As GPUs integradas equipadas pela Intel são suficientes para assistir a filmes em UHD 4K, mas ficam aquém quando se trata de lidar com jogos pesados.

De qualquer forma, esse movimento pode mudar o jogo de uma empresa que está tentando manter sua posição no mercado. As GPUs integradas equipadas pela Intel são suficientes para assistir a filmes em UHD 4K, mas ficam aquém quando se trata de lidar com jogos pesados.

Todas as GPUs populares são fabricadas pela Nvidia ou AMD. Para consertar as coisas, a Intel até fez parceria com a AMD para lançar chips Intel Core com gráficos AMD, mas as coisas não foram tão bem.

Agora, a gigante do silício está disposta a mergulhar no oceano por conta própria. Por fim, resta saber quais são as vantagens das GPUs da Intel.

Fonte: Fossbytes

Leia também:

A Intel está desenvolvendo protótipos de SSDs PCIe 4.0, mas precisa de CPUs AMD para testá-los

Slides revelam toda a série de 10ª geração da Intel: até 5,3 GHz e 10 núcleos

Intel envia uma grande atualização de drivers gráficos para Linux 5.6

Intel revisa o suporte à memória virtual compartilhada para seu driver de gráficos Linux

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
×