in

Qubits “quentes” da Intel podem levar a computadores quânticos mais avançados

Temperaturas mais altas permitem mais do que apenas um punhado de bits quânticos.

A Intel se aproximou um pouco dos computadores quânticos práticos. A Intel e seu parceiro QuTech controlaram com sucesso os qubits “quentes” (ou seja, a temperaturas acima de 1 kelvin), que também são coerentes e densos, facilitando a colocação de qubits e o controle eletrônico no mesmo chip, produzindo computadores quânticos mais avançados. Até agora, os computadores quânticos tinham que funcionar a temperaturas na faixa de milikelvin, ou um pouco acima do zero absoluto (pouco abaixo de – 273,15 °C) — por contexto, a temperatura média no espaço sideral é de 3 kelvin.

Qubits “quentes” da Intel podem levar a computadores quânticos mais avançados

A princípio, a demonstração ainda foi relativamente modesta. A Intel e a QuTech concluíram seu teste usando a lógica de dois qubits, onde os computadores quânticos de ponta têm dezenas de qubits e um computador com todos os recursos pode precisar de mais de 1 milhão. Assim, este é “apenas um passo” para computadores quânticos escaláveis, disse a Intel. No entanto, ainda é um passo importante e sugere que a tecnologia é mais viável do que parece.

Qubits "quentes" da Intel podem levar a computadores quânticos mais avançados
Chip de controle quântico criogênico, o Horse Ridge. Imagem: Walden Kirsch | Intel Corporation.

Recentemente, o Intel Labs detalhou algumas características técnicas de seu novo chip de controle quântico criogênico, o Horse Ridge. A empresa divulgou que ele trata de desafios fundamentais por trás da construção de sistemas quânticos.

A praticidade quântica, segundo a Intel, cobre escalabilidade, flexibilidade e fidelidade.

Por fim, caso queira ler mais matérias sobre código aberto, Linux, Android, hardware, programação e ficar atualizado com as novidades do mundo da tecnologia, fique à vontade para acompanhar as matérias no canal do Sempre Update no Telegram.

Fonte: Engadget

Leia mais:

Honeywell deve lançar computador quântico mais poderoso do mundo

Intel anuncia chip de controle criogênico FinFET de 22nm

Tem uma ideia para lidar com a COVID-19? Um supercomputador de Taiwan pode te ajudar!