Tema Yaru do Ubuntu ganha suporte para GTK4

Se você é fã da distribuição Ubuntu, há muita coisa nova chegando em breve. Agora, é o tema Yaru GTK do Ubuntu que ganha suporte para GTK4. Para que o Ubuntu adote o GTK4 em uma versão futura, será necessária uma versão GTK4 de seu icônico tema Yaru. Então, é justamente isso o que está em andamento!

O Ubuntu citou a falta de temas compatíveis em sua decisão de manter o GNOME Shell 3.38 e não introduzir o GTK4 no próximo lançamento do Ubuntu 21.04. Porém, uma solução interessante para este problema teve encaminhamento neste momento. O suporte GTK 4 agora está no repositório de código de Yaru, embora rotulado como um trabalho em andamento.

O tema Yaru GTK do Ubuntu intencionalmente se aproxima do tema Adwaita upstream mantido pelo GNOME (e o tema que muitos desenvolvedores de aplicativos preferem que você use). A sincronização tem muitos benefícios e ajudou a mitigar a parte mais complicada do porte do GTK4. Isso porque um novo tema não precisou ser criado do zero.

Tema Yaru GTK4

Tema Yaru do Ubuntu ganha suporte para GTK4

Muitos usuários não notarão a diferença – e esse é o ponto. Um usuário não deve ser capaz de dizer se o aplicativo que está usando é GTK4 ou GTK3 (embora possa distinguir por outros recursos fornecidos no GKTK4, como janelas perfeitamente arredondadas e animações mais elaboradas).

Há espaço para erros, divergências e peculiaridades, especialmente neste estágio inicial. Conforme a adoção do GTK4 aumenta e mais usuários experimentam o GTK4, os desenvolvedores devem encontrar mais problemas para corrigir. O tema Yaru faz parte do desktop Ubuntu. Entretanto, não é algo exclusivo. Sendo assim; você pode usar o tema Yaru em outras distribuições Linux, da mesma forma.

Mais trabalho será necessário quando a reformulação do design do GNOME 40 estiver no ponto ideal. Isso porque o ‘novo’ GNOME Shell parece (e funciona) um pouco diferente do atual!

No entanto, saber que o suporte GTK 4 para Yaru está em andamento (e já está parecendo bastante no ponto) é tranquilizador. Assim, certamente é um bom presságio para o Ubuntu fazer uma mudança tardia para o kit de ferramentas atualizado no Ubuntu 21.10.

OMG Ubuntu

Artigos recentes

Artigos relacionados