in

Valve garante suporte ao Linux

Após a polêmica com o Ubuntu, a empresa lançou nota de esclarecimento.

SteamVR Beta com melhorias para Linux

A Valve lançou uma declaração oficial sobre o futuro do suporte ao Linux. Segundo a empresa, eles “permanecem comprometidos” com o Linux. A declaração chega logo após toda a polêmica em torno do Ubuntu e o suporte a pacotes de 32 bits que a Canonical anunciou semana passada. A empresa já confirmou  que continuará a manter o suporte aos programas nas versões 19.10 e 20.04 do Ubuntu. O fim do suporte acarretaria na saída da Valve e do Wine da distro. Como aparentemente a Canonical voltou atrás, a Valve garante suporte ao Linux.

O anúncio da Canonical agitou a web e preocupou usuários da distro que ficariam sem o suporte oficial ao Steam e Wine, prejudicando rodar jogos e instalar programas do Windows. Portanto, agora, a Valve agora tem uma declaração completa sobre seu futuro suporte aos jogos Linux.

Comunicado da Valve garante suporte ao Linux

Valve garante suporte ao Linux

A Valve disse que continuam empenhados em apoiar o Linux como uma plataforma de jogos. Além disso, eles também continuam impulsionando numerosos esforços de desenvolvimento de drivers e recursos que esperamos que ajudem a melhorar a experiência de jogo e desktop em todas as distribuições.

Sobre o novo plano da Canonical para o Ubuntu 19.10 e posteriores em relação ao suporte de 32 bits, a Valve disse que “não estão particularmente empolgados com a remoção de qualquer funcionalidade existente, mas tal mudança no plano é extremamente bem-vinda” e que ” Parece provável que poderemos continuar a suportar oficialmente o Steam no Ubuntu “.

Trabalho com outras distribuições

No entanto, Arch Linux, Manjaro, Pop! _OS e Fedora todos receberam menções diretas nesta declaração, ao falar sobre como o cenário de jogos do Linux mudou e como há muito mais opções para ter uma boa experiência de jogo. A Valve disse que eles estarão trabalhando “mais de perto” com mais distribuições. No entanto, eles não têm nada para anunciar ainda sobre exatamente quais distribuições eles estarão oficialmente apoiando no futuro.

Dito isto, não temos nada específico para anunciar neste momento sobre quais distribuições serão suportadas no futuro; espere mais notícias sobre isso nos próximos meses. Continuamos comprometidos em apoiar o Linux como uma plataforma de jogos, e continuamos a impulsionar numerosos esforços de desenvolvimento de recursos e drivers que esperamos que ajudem a melhorar a experiência de jogo e desktop em todas as distribuições; falaremos mais sobre alguns exemplos disso em breve.

Além disso, se você estiver trabalhando em uma distribuição e precisar de uma linha direta com a Valve, eles sugeriram usar esse link. Você pode ver a declaração completa da Valve aqui.

Os fãs de jogos no Linux comemoraram. Houve uma grande preocupação que a Valve retirasse mesmo o apoio e suporte ao Ubuntu. Porém, a empresa já fez importantes investimentos rumo à plataforma livre. Isso levou melhorias aos jogos que rodam no Linux. Assim, o Steam chegou no Linux em 2013 e parece que as coisas vão continuar melhorando.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Mozilla usará tecnologia Microsoft para atualizar o Firefox

Mozilla usará tecnologia Microsoft para atualizar o Firefox

Calculadora do Windows 10 agora disponível no Android e no iPhone

Calculadora do Windows 10 agora disponível no Android e no iPhone