in

XFCE diz adeus ao suporte GTK2

Painel XFCE4 eliminou os últimos resquícios.

Após o lançamento do Xfce 4.14 no mês passado, que passou do GTK2 para o GTK3 como seu kit de ferramentas, os restos antigos do suporte ao GTK2 agora estão sendo totalmente eliminados. Assim, o XFCE diz adeus ao suporte GTK2.

Com o código de desenvolvimento do painel xfce4 mais recente, o suporte ao GTK2 foi retirado nesta segunda-feira. Da mesma forma, a sua API GTK2. Isso também inclui não carregar mais plug-ins GTK2.

Por que o XFCE diz adeus ao suporte GTK2?

XFCE diz adeus ao suporte GTK2

Portanto, o foco do Xfce está apenas no GTK3. Pelo menos até quando eles decidirem no futuro mudar para o GTK 4.0, que deve ser lançado no outono de 2020.

O recém-iniciado ciclo de desenvolvimento do Xfce após a versão 4.14 é exatamente o Xfce 4.16 que, esperamos, será lançado em 2020. Para o Xfce 4.16, provavelmente haverá muita limpeza de código – como este fim do GTK2. Além disso, deve haver melhoria da infraestrutura para ajudar a incentivar futuros contribuidores para o projeto.

O projeto é tocado pelo desenvolvedor Simon Steinbeiß. Segundo ele, a ideia é retomar o ciclo de lançamentos a cada seis meses. Porém, isso deve demorar um pouco mais para a versão 4.16.

Steinbeiß parece bastante otimista.  Ele informa que a equipe não deseja realizar nenhuma mudança técnica importante, como adicionar suporte ao GTK4 ou obter suporte ao Wayland.

As idéias discutidas neste momento para o Xfce 4.16 incluem manter o código funcional e melhorá-lo. Além do próprio código, eles estão seguindo o GNOME/FreeDesktop.org para usar um fluxo de trabalho orientado ao Gitlab.

O desenvolvimento do Xfce 4.14 levou cerca de 4 anos a partir do planejamento para lançamento.