in

Android deve adotar WireGuard

Notícias a respeito surgem logo após a implementação da VPN no Kernel 5.6

Android deve adotar WireGuard

Após o lançamento do Linux 5.6 e do WireGuard 1.0 como parte dele, o Google agora ativou o WireGuard em sua compilação de kernel Linux de código aberto Android. A imagem genérica do kernel (GKI) do Android agora tem o suporte WireGuard ativado. A função foi integrada desde a última segunda-feira (30/03) um dia após o lançamento do novo Kernel Linux. O suporte nativo ao Wireguard dentro do código não foi a últica novidade do Kernel 5.6. Ele também possui  suporte ao Amazon Echo.

Na ativação do commit do Git, Greg Kroah-Hartman do Google comentou:

Adicione suporte nativo ao kernel para uma VPN sã. Observe que isso desativa o CONFIG_ARM64_CRYPTO do gki arm64 defconfig porque CONFIG_WIREGUARD habilita explicitamente. Portanto, a funcionalidade é ainda está lá, mas o defconfig não precisa mais mostrá-lo.

Android deve adotar WireGuard. Porém, recurso não é propriamente inédito

O WireGuard passou recentemente por mais trabalhos de estabilização, o código passou por uma auditoria de segurança e mais distribuições Linux estão começando a dar suporte ao WireGuard.

O projeto WireGuard já oferece há muito tempo uma versão para Android disponível na Play Store como uma implementação para o usuário. No entanto, não deixa de ser muito promissor que o Google agora esteja habilitando o suporte WireGuard como parte do kernel GKI para Android.

O WireGuard foi atualizado no Linux 5.6 após anos de desenvolvimento e elaboração das alterações de criptografia no kernel que anteriormente sustentavam sua integração.

Agora é esperar para ver como o Google vai implementar o WireGuard como parte do próximo lançamento do Android. A VPN WireGuard despertou interesse ou ofertas de empresas como CloudFlare, PIA, Mullvad, AzireVPN, IVPN, OVPN, NLnet e outras organizações.

Com o WireGuard 1.0.0 anunciado, é provável que tenhamos ainda mais adoção desse túnel VPN seguro em vários dispositivos, sejam Linux ou Android, em 2020. No Linux, o WireGuard 1.0.0 é apresentado como uma grande alternativa de VPN moderna e segura ao OpenVPN/IPsec. Recentemente, o código do programa passou por um processo de estabilização e por uma auditoria de segurança. Isso fez com que mais distribuições Linux estão começando a dar suporte ao WireGuard.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Fedora 32 entra na fase Final Freeze

Fedora 33 planeja usar o OpenJDK 11 como a versão padrão do Java

D-Wave oferece acesso gratuito a seus computadores quânticos para pesquisadores da COVID-19

D-Wave oferece acesso gratuito a seus computadores quânticos para pesquisadores da COVID-19