Chrome OS trará aplicativos Linux para Chromebooks

O Google definiu os planos para o próximo navegador da web Chrome e o sistema operacional Chrome OS para Chromebooks. A versão 69 apresentará muitos novos recursos e melhorias interessantes. O Chrome OS é o sistema operacional baseado em Linux do Google para dispositivos Chromebook.  Assim, a gigante de tecnologia está testando suporte para instalar e executar aplicativos Linux no Chrome OS. Em breve, os recursos devem chegar  de forma definitiva, mas já estão disponíveis em versão beta. Portanto, o Chrome OS  trará aplicativos Linux para Chromebooks.

O Linux (Beta) para Chromebooks permite que os desenvolvedores usem editores e ferramentas de linha de comando adicionando suporte ao Linux em um dispositivo Chrome. Foi o que disse o Google nas notas de lançamento. Os desenvolvedores podem usar o terminal para instalar aplicativos ou pacotes. Além disso, os aplicativos serão protegidos com segurança em uma máquina virtual.

Ainda limitado a testes

No entanto, o suporte para aplicativos Linux estará disponível para um número limitado de Chromebooks. Isso deve permanecer enquanto o Google finaliza o novo recurso. Porém, já mostramos aqui como habilitar  aplicativos do Linux no Chrome OS e que o Chrome OS passará a suportar esses aplicativos.

Depois de atualizar o Chrome OS, os usuários do Chromebook com um dispositivo compatível poderão ativar o novo recurso do Linux (Beta) em “Configurações“. Depois, eles podem instalar aplicativos do Linux em seus Chromebooks, o que pode levar vários minutos.

Outras melhorias

Chrome OS trará aplicativos Linux para Chromebooks

O lançamento do Chrome OS também melhorará o aplicativo Arquivos.  Com isso, os os usuários poderão gerenciar aplicativos Linux. Além disso, terão suporte ao Night Light em Chromebooks; e recurso de ditado de voz autônomo. Portanto, ele será acessível de qualquer lugar por meio de um pequeno botão na área de trabalho.

Chrome 69 será lançado no início de setembro com o Material Design 2.0

Chrome OS 69 trará aplicativos Linux para Chromebooks

 

Com lançamento previsto para o início do próximo mês, o navegador Chrome 69 adiciona uma política de Alerta de senha (Password Alert ). Assim, os usuários poderão especificar se a conta é do Google ou de outras empresas. Além disso, bloqueia softwares de terceiros por padrão para reduzir falhas do Chrome e aprimora o gerenciamento do Chrome com o Intune.  Também atualizará a extensão de suporte ao navegador (Legacy Browser Support) e adicionará uma nova ferramenta de relatórios.

O Chrome 69 vai aplicar o belo design da nova interface de usuário através do Material Design 2.0.  Ele estará disponível para todos os sistemas operacionais, incluindo Windows, GNU Linux e macOS.

Se você desejar, pode experimentar os recursos do Material Desing no Chrome 69 versão Beta.

Após o download é necessário inserir o comando abaixo na barra e navegação e habilitar. Vale mencionar que para computadores,  opção que habilita é a “Refresh” e nos Androids, “Enable“.

PC (Mac, Windows ou Linux)

Primeiramente, digite o comando abaixo:

chrome://flags/#top-chrome-md

Depois, ao abrir a página, faça conforme a imagem abaixo. Escolha a opção Refresh (em azul) e reinicie o navegador.

 Chrome OS trará aplicativos Linux para Chromebooks

Como habilitar o Material Design no Chrome 69

Android

 chrome://flags/#enable-chrome-modern-design
Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Saiba como enviar e-mails que se autodestroem no Gmail

Previous article

Como instalar o Persepolis no Ubuntu, Arch Linux, Fedora e openSUSE

Next article

You may also like

More in Notícias