in

Como instalar o Virtualbox no Arch Linux

Na dica de hoje, iremos mostrar como instalar o Virtualbox no Arch Linux. Caso você realize apenas a instalação do programa, ele pode não funcionar. No caso do Arch Linux, algumas configurações são necessárias.

Como instalar o Virtualbox no Arch Linux

Primeiramente, você precisará instalar o VirtualBox:

sudo pacman -S virtualbox

Depois você precisará instalar os módulos. Mas antes, precisamos identificar qual o seu kernel através do comando:

uname -r

Após executado o comando, verifique o nome do kernel instalado. Por exemplo, ireei mostrar o meu caso:

[email protected] ~]$ uname -r
4.20.2-arch1-1-ARCH

Como temos essa terminação ARCH, usaremos o seguinte comando:

sudo pacman -S virtualbox-host-modules

Caso seja o kernel LTS, execute o comando:

sudo pacman -S virtualbox-host-modules-lts

Nesta etapa, iremos adicionar o seu usuário ao grupo do VirtualBox:

sudo gpasswd -a NomeDoUsuario vboxusers

Com este comando acima, já é possível para executar o VirtualBox. Porém, ainda precisamos habilitar os módulos.

Habilitando os módulos

Para execução do VirtualBox é necessário o seu  módulo específico, que tem o nome de vboxdrv. Devemos executar o comando abaixo:

sudo modprobe vboxdrv

Caso não funcione, iremos criar uma lista dependência para leitura de cada módulo:

sudo depmod -a

Configurações Finais

Sempre que você iniciar sistema operacional, o módulo para poder usar o VirtualBox. Mas ele não é executado neste momento de boot do sistema. Então precisamos habilitá-lo. Para isso, é necessário criar um arquivo em /etc/modules-load.d/ chamado de virtualbox.conf:

sudo echo vboxdrv >> /etc/modules-load.d/virtualbox.conf

Caso tenha alguma dificuldade de digitar o comando acima, copie-o e cole-o no seu terminal. Agora, sempre que reiniciar a sua máquina, já que o módulo estará funcionando corretamente.

Nesta dica de hoje, você viu como instalar o VirtualBox no Arch Linux.

O VirtualBox é um aplicativo da Oracle que visa a criar ambientes para instalação de sistemas operacionais distintos. Ele permite a instalação e utilização de um sistema operacional dentro de outro, assim como seus respectivos softwares, como dois ou mais computadores independentes, mas compartilhando fisicamente o mesmo hardware.

Esperamos ter ajudado, principalmente, os iniciantes nesta maravilhosa distribuição.

Caso tenha alguma dúvida, entre no nosso grupo do Telegram. Lá existem quase 2 mil pessoas para te ajudar.