in

Google Chrome impedirá que sites invadam o botão Voltar

Sites maliciosos impediam a função após infectarem o navegador.

https://sempreupdate.com.br/?s=malicioso

Um novo recurso de segurança está atualmente em andamento para o Chrome. O navegador agora promete impedir que o botão Voltar pare de funcionar ao ser invadido em sites maliciosos. O Google Chrome diz que impedirá sites de invadir e parar o funcionamento do botão Voiltar. Assim, esta é uma forma de melhorar a usabilidade, a segurança e o desempenho em todas as plataformas. A implementação é feita no Chromium e todos os demais navegadores baseados nele devem ser beneficiados. Assim, o Google Chrome impedirá que sites invadam o botão Voltar

Como muitos usuários descobriram da maneira mais difícil, há páginas por aí que tornam o botão “Voltar” no navegador praticamente inútil,.  Simplesmente porque eles não querem que você saia daquela página acessada. Pressionar o botão de volta em tal site não tem efeito. Então, o navegador parece estar preso na mesma página.

Esse é um truque que aproveita a maneira como o botão Voltar funciona nos navegadores e usa redirecionamentos ou manipulação de histórico.

Como o Google Chrome impedirá que sites invadam o botão Voltar

O primeiro método se resume a uma página que serve como um redirecionador permanente, portanto, mesmo que você clique de volta, ele recarrega a página com a qual você deveria estar preso. O segundo usa o histórico de navegação, no qual o botão voltar depende para permitir que você retorne a uma página anterior, enganando-o para impedir que outra página seja carregada.

“Algumas páginas dificultam ou impossibilitam que o usuário volte para a página da qual veio por meio do botão Voltar do navegador. Isso é realizado por redirecionamentos ou pela manipulação do histórico do navegador e resulta em uma experiência de usuário abusiva / irritante ”, explica o Google em um recente commit observado pela Sophos .

O Google resolverá esse problema bloqueando qualquer comportamento que não envolva a entrada do usuário, o que significa que pressionar o botão “voltar” terá o resultado esperado e não permitirá que códigos complicados interfiram.

“O novo comportamento do botão Voltar do navegador será pular as páginas que adicionaram entradas de histórico ou redirecionaram o usuário sem nunca receber um gesto do usuário. Observe que a intervenção afeta apenas a interface do usuário do botão de retorno / avanço do navegador e não as APIs history.back / forward ”, afirma o Google.

O recurso ainda está sendo desenvolvido e estará disponível em todas as plataformas, incluindo Windows, Mac, Linux, SO Chrome, Android e iOS.

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Clear Linux trabalha em uma nova loja de software

Clear Linux OS da Intel agora oferece fluxos de trabalho personalizados para desenvolvedores

softwares de VoIP

20 melhores softwares de VoIP e Vídeo Chat em Linux em 2019