in

Índia proíbe o Mi Browser Pro da Xiaomi e outros aplicativos chineses

Além disso, alguns dos aplicativos de pesquisa do Baidu foram banidos.

Xiaomi desenvolve uma nova tecnologia de lentes retráteis
Na Xiaomi Developer Conference, Zeng Xuezhong, presidente do departamento de telefonia móvel da Xiaomi, revelou uma nova tecnologia de lentes da empresa. Crédito: REUTERS | Abhishek N. Chinnappa.

A campanha da Índia contra aplicativos chineses ainda não terminou, já que o governo proibiu mais uma vez o Mi Browser Pro da Xiaomi e outros aplicativos chineses. Além disso, alguns dos aplicativos de pesquisa do Baidu foram banidos.

Todavia, diferentemente das proibições anteriores, o governo indiano optou por não divulgar publicamente a lista de aplicativos chineses proibidos. Portanto, atualmente não está claro quantos aplicativos foram eliminados na última série de proibições.

Índia proíbe o Mi Browser Pro da Xiaomi e outros aplicativos chineses

Felizmente, para a Xiaomi, o aplicativo Mi Browser Pro não é o navegador padrão que vem pré-carregado nos dispositivos da Xiaomi. No entanto, ele vem pré-instalado com todos os smartphones Xiaomi, Redmi e Poco no país. Na Índia, existem cerca de 90 milhões de usuários da Xiaomi.

Índia proíbe o Mi Browser Pro da Xiaomi e outros aplicativos chineses
A campanha da Índia contra aplicativos chineses ainda não terminou, já que o governo proibiu mais uma vez o Mi Browser Pro da Xiaomi e outros aplicativos chineses. Imagem: Nishant Vyas | Pexels.

No que diz respeito à resposta da Xiaomi, a gigante chinesa observou que segue todas as leis de privacidade de dados no país. A empresa diz que está “trabalhando para entender o desenvolvimento e tomará as medidas apropriadas conforme necessário”.

Os parlamentares no Japão também estão ansiosos para banir a plataforma de compartilhamento de vídeo TikTok. Os legisladores japoneses parecem ter preocupações com a privacidade e não querem que a China acesse os dados de seus cidadãos.

O TikTok já está sofrendo uma queda maciça de receita devido à proibição na Índia. A Índia era um dos maiores mercados do TikTok e agora os EUA também planejam proibir o aplicativo.

Por fim, caso queira ler mais matérias sobre código aberto, Linux, Android, hardware, internet, programação e ficar atualizado com as novidades do mundo da tecnologia, acompanhe as matérias no canal do Sempre Update no Telegram.

Fonte: Fossbytes

China adverte que não assistirá o TikTok sendo dominado pelos EUA

União Europeia impôs sanções contra China, Rússia e Coreia do Norte por hacks

China está trabalhando duro para reduzir sua dependência de chips americanos

EUA designa Huawei e ZTE da China como ameaças à segurança nacional

Setor de TI enfrenta problemas com suprimentos à medida que as tensões entre China e EUA aumentam

Twitter testa traduções automáticas no Brasil

Twitter começará a adicionar rótulos a contas afiliadas a governos

Microsoft abrirá região de datacenter avançada e sustentável

Supercomputador Summit avançará pesquisa de energia eólica