in

Navegador Brave chega à versão 1.0, sua primeira versão estável

O Brave, um navegador que prioriza a privacidade, faz seu primeiro lançamento estável com recursos inovadores, como sua própria plataforma de anúncios privados e uma iniciativa de recompensas para usuários e sites.

Navegador Brave chega à versão 1.0, sua primeira versão estável
Imagem: Divulgação | Brave.

Ontem, a equipe por trás do navegador Brave anunciou o lançamento da versão 1.0, o primeiro lançamento oficial estável do navegador.

O navegador foi desenvolvido desde o início para ser a primeira alternativa em questão de privacidade aos navegadores modernos. Dessa maneira, o Brave 1.0 vem com muitos recursos que não estão presentes no software de nenhum outro concorrente.

Brave Ads (anúncios)

O Brave bloqueia todos os anúncios por padrão e, em vez disso, usa sua própria plataforma de anúncios privada, projetada para funcionar diretamente no navegador e com foco na preservação da privacidade dos usuários.

A equipe do Brave diz que essa rede de publicidade foi projetada com a privacidade em mente e que nenhum dado do usuário é enviado a algum servidor remoto. Todas as operações de correspondência de anúncios acontecem diretamente nos dispositivos dos usuários.

Além disso, essa nova plataforma de anúncios também usa um novo modelo de publicidade baseado em blockchain que recompensa os usuários com Tokens de Atenção Básica (BAT, sigla em inglês) por cada anúncio que visualizam.

Os usuários podem manter o BAT que ganham em um aplicativo de carteira embutido no navegador, convertê-lo em outra criptomoeda ou doá-lo aos sites que gostam, através do programa Brave Rewards.

O Brave diz que 70% da receita desta rede de publicidade vai para seus usuários, enquanto a empresa fica com 30%.

Brave Rewards

Brave Rewards é provavelmente o recurso mais interessante adicionado a qualquer navegador de internet atualmente. O programa Rewards permite que os usuários doem alguns dos tokens BAT que eles produzem visualizando anúncios do Brave para os sites que mais gostam.

Eles podem optar por enviar o BAT para qualquer site que eles gostam ou para os sites que eles mais frequentam. Isso é feito com base nas estatísticas fornecidas pelo próprio Brave, com base no histórico de navegação do usuário.

O Brave diz que mais de 300.000 sites verificaram perfis através dos quais coletam doações BAT, incluindo alguns dos maiores nomes da atualidade, como The Washington Post, The Guardian, Wikipedia, criadores no YouTube, Twitch, Twitter, GitHub e muito mais.

Mais informações sobre o programa Brave Rewards podem ser encontradas nesta página de documentação.

Navegador Brave chega à versão 1.0, sua primeira versão estável
Navegador Brave chega à versão 1.0, sua primeira versão estável. Imagem: Reprodução | ZDNET | Brave.

Brave Shields

O Brave 1.0 também vem com recursos incorporados como bloqueador de anúncios, anti-rastreamento e anti-impressão digital que impedem anunciantes on-line e empresas de mídia social de bombardear usuários com anúncios e rastrear usuários à medida que se movem pelos sites.

Esse recurso está recebendo melhorias constantes, com a atualização mais recente chegando na semana passada.

A equipe do Brave diz que, desde que lançou o Brave Shields, o maior benefício tem sido um desempenho aprimorado. Por exemplo, a equipe do Brave afirma que os sites carregam de três a seis vezes mais rápido do que em outros navegadores, resultando em economia significativa de memória e bateria.

A equipe do Brave disse em um comunicado à imprensa antes do lançamento:

O Brave economiza uma média de 27 segundos por carregamento de página em relação ao Chrome no macOS e 22 segundos por página no Firefox. Além disso, o Brave usa 58% menos dados do que o Chrome para carregar as mesmas páginas. Ainda mais, o Brave usa menos memória que outros navegadores, com uma melhoria de 40% em relação ao Chrome e 47% em relação ao Firefox.

Faça o download da versão 1.0 do navegador Brave

Novos usuários já podem fazer o download e testá-lo. O navegador está disponível para Windows, macOS, Linux, Android e iOS.

Por fim, a empresa disse que o navegador tinha cerca de 8,7 milhões de usuários ativos mensais durante sua fase de testes beta, o que, em perspectiva, é cerca de um décimo dos 100 milhões do Firefox e uma fração do 1 bilhão do Chrome.

Além disso, o Brave 1.0 é baseado no motor do navegador de código aberto Chromium, o mesmo motor no coração do Chrome, Opera e Vivaldi.

Neste artigo, você viu que o navegador Brave chegou à versão 1.0, sua primeira versão estável.

Fonte: ZDNET

Leia também:

Como instalar o navegador web Brave no Ubuntu, Linux Mint e derivados!

Escrito por Leonardo Santana

Astrônomo amador e eletrotécnico. Apaixonado por TI desde o século passado.

Mirantis adquire o Docker Enterprise

Mirantis adquire o Docker Enterprise

Como verificar se o seu servidor está sob ataque DDoS?

Como verificar se o seu servidor está sob ataque DDoS?