De acordo com o site norte-americano Bloomberg, a compra do GitHub pela Microsoft deve acontecer nesta segunda-feira. A notícia agitou o mundo da tecnologia, uma vez que o GitHub é considerado uma ferramenta essencial para desenvolvedores e empresas. Muitas corporações, incluindo Microsoft e Alphabet Inc., usam o GitHub para armazenar seu código corporativo.

O motivo da venda são os prejuízos acumulados pela plataforma. De acordo com o Bloomberg, as perdas do GitHub foram significativas. Em 2016 os prejuízos chegaram a US$ 66 milhões ao longo de três trimestres.

“O GitHub preferiu vender a empresa para abrir o capital e escolheu parcialmente a Microsoft porque ficou impressionada com o diretor executivo, Satya Nadella”, diz a matéria da Bloomberg. Os termos do acordo não eram conhecidos neste domingo. O GitHub foi avaliado em US$ 2 bilhões em 2015 e, segundo especulações do mercado, a Microsoft teria feito uma oferta de US$ 5 bilhões.

Prejuízos teriam motivado a venda

Microsoft Windows Git

microsoft repositorios git

O GitHub é sediado em San Francisco, nos Estados Unidos, e tenta há nove meses encontrar um novo CEO. De acordo com o mercado financeiro, apesar de popular, o serviço não dá lucro. Para a Microsoft, a aquisição pode ser mais um passo rumo ao desenvolvimento de softwares de código aberto. No entanto, esta proposta é vista com desconfiança por muitos devido à maneira como a Microsoft cria seu próprio software.

De acordo com a Bloomberg, Frank Shaw, porta-voz da Microsoft, se recusou a comentar. O GitHub não retornou um e-mail solicitando um pedido de comentário.

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Como instalar programas facilmente no Manjaro

Previous article

Linux Mint 19 Tara lança versão beta

Next article

You may also like

More in Notícias