in

YouTube removerá vídeos que vinculam falsamente a COVID-19 ao 5G

A plataforma informou que removerá os vídeos que promovem “métodos sem fundamento médico” para prevenir infecções por COVID-19.

YouTube removerá vídeos que vinculam falsamente a COVID-19 ao 5G
Imagem: Richard Baker | In Pictures via Getty Images.

A onda de teorias da conspiração falsas que ligam a pandemia de COVID-19 ao 5G levou a incêndios em torres de celular e ameaças contra engenheiros. Assim, o YouTube está planejando reprimir essa desinformação. O serviço de propriedade do Google informou que removerá os vídeos que promovem “métodos sem fundamento médico” para prevenir infecções por COVID-19. Neste artigo, entenda por que o YouTube removerá vídeos que vinculam falsamente a COVID-19 ao 5G.

YouTube removerá vídeos que vinculam a COVID-19 ao 5G

O YouTube disse que estava suprimindo o “conteúdo limítrofe” que poderia enganar as pessoas de “maneiras prejudiciais”, como teorias da conspiração em torno do 5G e do vírus. Isso inclui recomendações reduzidas para vídeos, retirando-os dos resultados de pesquisa e dos anúncios.

Além disso, as medidas ocorrem pouco depois de uma reportagem do Guardian onde diz que o secretário de cultura do Reino Unido, Oliver Dowden, manteve conversas com o Facebook, Twitter e YouTube em uma tentativa de remover material de conspiração.

YouTube removerá vídeos que vinculam falsamente a COVID-19 ao 5G
YouTube removerá vídeos que vinculam falsamente a COVID-19 ao 5G.

As teorias da conspiração sobre o 5G não são suportadas por evidências e permanecem prejudiciais, independentemente de o novo coronavírus desempenhar um papel. A abordagem do YouTube pode enfrentar a situação imediata. Todavia, ela não resolve completamente os problemas de longo prazo com os conspiradores anti-5G que estimulam a violência.

Por fim, caso queira ler mais matérias sobre código aberto, Linux, Android, hardware, programação e ficar atualizado com as novidades do mundo da tecnologia, fique à vontade para acompanhar as matérias no canal do Sempre Update no Telegram.

Fonte: Engadget

Leia mais:

5G é declarado seguro por comissão internacional

Coreia do Sul atinge mais de 5 milhões de assinantes 5G

Quanto a mais de energia o 5G consome em relação ao 4G? O Redmi da Xiaomi tem a resposta!

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.