in

Como instalar o Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel) no Ubuntu, Linux Mint e derivados! Utilizando pacotes oficiais .deb Canonical!

A Canonical lançou o Ubuntu Kernel 5.7, que é a versão mais recente e você já pode instalar em seu Ubuntu!

como-instalar-o-linux-kernel-5-7-ubuntu-kernel-no-ubuntu-linux-mint-e-derivados-utilizando-pacotes-oficiais-deb-canonical-8

O Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel) foi lançado, e você já pode instalar no Ubuntu, Linux Mint e derivados. A Canonical disponibilizou os pacotes já prontos para instalação no Ubuntu, e assim, o processo fica mais fácil para queles que gostam de ter a última versão do Linux Kernel instalada no Ubuntu e suas variações. A versão do Ubuntu Kernel 5.7 foi lançada em 31 de maio de 2020. Nós também fizemos um artigo onde há todas as informações sobre as novidades do Linux Kernel 5.7.

Como já é sabido, este kernel que é chamado de Ubuntu Kernel pela Canonical possui todos os patchs de segurança, correções e outros códigos que podem não estar presente no Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel), aquele desenvolvido pelo Linus Torvalds. Mas não se preocupe, este kernel distribuído pela Canonical é seguro e possui um foco maior no Ubuntu. Mesmo assim lembramos que quaisquer eventualidade é de inteira responsabilidade da Canonical, nós do SempreUpdate apenas criamos o tutorial ensinando a instalar o Ubuntu Kernel.

Nota:As versões recentes do Ubuntu, possuem tão-somente a arquitetura de 64 bits, lembre-se disso e assim, o Ubuntu Kernel segue a mesma arquitetura!

Se por algum motivo você queira instalar o Linux Kernel 5.7 a partir do código fonte distribuído pelo kernel.org, saiba que temos um tutorial sobre como instalar o Linux Kernel 5.7 em qualquer distribuição Linux.

Se você é profissional que trabalha com edição de imagens e vídeos recomendamos a instalação do kernel de baixa latência para que as respostas do sistema em relação ao seu trabalho seja mais rápidas, para isso temos o tutorial abaixo:

Instalando o Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel) no Ubuntu e derivados

A seguir esta todo o processo para que você consiga instalar o Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel) no Ubuntu. Não se preocupe, você não vai precisar compilar pacotes ou executar comandos difíceis, pois como dissemos antes, a Canonical já deixou tudo pronto, basta instalar.

Alguma pessoas relatam que o Ubuntu Kernel, nome dado pela Canonical ao Linux Kernel empacotado por eles, funciona no Debian. Mas, nós não recomendamos a instalação do Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel) empacotador pela Canonical no Debian. Instale tão-somente no Ubuntu ou derivados.

Antes de seguir com a instalação do Ubuntu Kernel é importante lembrar que após você dar o comando de instalação não interrompa o processo, ou você pode causar a quebra total, ou parcial do sistema!

Para instalar o Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel) você precisa executar o comandos abaixo. Primeiro vamos criar um diretório e entrar nele pelo Terminal. Esse diretório é onde vamos baixar o pacote do Linux Kernel e seguir com a instalação no Ubuntu:

mkdir kernel5.7 && cd kernel5.7

Agora, vamos fazer o download dos pacotes do Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel), preste muita atenção no momento de copiar os links, ou o download não será feito:

wget -c https://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v5.7/linux-headers-5.7.0-050700_5.7.0-050700.202005312130_all.deb
wget -c https://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v5.7/linux-headers-5.7.0-050700-generic_5.7.0-050700.202005312130_amd64.deb
wget -c https://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v5.7/linux-image-unsigned-5.7.0-050700-generic_5.7.0-050700.202005312130_amd64.deb
wget -c https://kernel.ubuntu.com/~kernel-ppa/mainline/v5.7/linux-modules-5.7.0-050700-generic_5.7.0-050700.202005312130_amd64.deb

Confira as saídas dos Downloads, isso mostra que os links estão ativos e corretos, perceba que o endereço que resolve é o kernel.ubuntu.com mantido oficialmente pela Canonical, mantenedora do Ubuntu:

Agora, vamos executar o comando que vai instalar todos os pacotes que baixamos do Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel):

sudo dpkg -i *.deb

A imagem abaixo retrata as saídas do Terminal após o comando da instalação, perceba que o processo foi concluído com êxito, e sem erros, caso você receba algum erro, repita o processo:

 

 

Em seguida, vamos executar o comando abaixo apenas para garantir que tudo esteja correto:

sudo apt -f install

Agora, reinicie o sistema com o comando abaixo:

sudo reboot

Após a reinicialização do Ubuntu ou derivado, confira se o Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel) foi instalado, para isso, execute:

uname -r

ou pode ser:

uname -a

Você deve visualizar uma saída semelhante, abaixo utilizando apenas o uname -a:

 

Limpeza dos arquivos que baixamos e do diretório kernel5.7 que criamos!

Agora que já instalamos a nova versão do Linux Kernel no Ubuntu precisamos apagar os arquivos que baixamos, vamos remover o diretório para liberar espaço em disco, isso não vai afetar em nada a nossa instalação, não se preocupe. Para isso, execute o comando abaixo como sudo ou ROOT:

sudo rm -r kernel5.7

Lembre-se que após a instalação do Linux Kernel 5.7 (Ubuntu Kernel) no Ubuntu, Linux Mint ou derivado, você deve instalar e configurar os drivers Nvidia/AMD novamente. Claro, em alguns casos não precisa, mas a reinstalação destes drivers podem ser necessária.

Artigo relacionado que talvez você queira ler:

Por que distribuições são lançadas com kernels diferentes?

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

GNOME 3.37.2 lançado

Aplicativos do GNOME 3.38 devem ter grandes melhorias para Ubuntu 20.10

AMD doa clusters de supercomputadores para combate à Covid-19

AMD doa clusters de supercomputadores para combate à Covid-19