Notícias

29/10/2019 às 09:00

5 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Compra da Red Hat pela IBM será analisada pelo Cade em novembro

Compra da Red Hat pela IBM será analisada pelo Cade em novembro

O Cade se prepara para votar em novembro a compra da Linux Red Hat pela IBM. Segundo a Revista Época, a tendência é que a compra seja aprovada sem restrições. Porém, a IBM não deve ter a mesma sorte com a multa proposta pela Superintendência-Geral do órgão, de R$ 60 milhões, por gun jumping.


Compra da Red Hat pela IBM será analisada pelo Cade em novembro e multa deve ser mantida

IBM conclui aquisição da Red Hat

Paul Cormier, vice-presidente executivo e de produtos e tecnologias da Red Hat, e Arvind Krishna, vice-presidente sênior da IBM Cloud & Cognitive Software.

Em 9 de julho, a IBM anunciou a conclusão da compra a nível mundial, mesmo antes de o Cade analisar o caso. A empresa alegou que o desfalque do conselho, que ficou meses no vaivém de indicações pelo presidente Jair Bolsonaro, poderia prejudicar o negócio. No entanto, segundo a revista, a multa deve ser mantida, e o valor deve permanecer em patamares elevados.

Depois de anunciar o acordo em outubro do ano passado, a IBM finalmente só concluiu o processo de aquisição da Red Hat em julho passado. Na época da compra, foi uma notícia bombástica e até certo ponto inesperada. Principalmente devido ao valor astronômico da transação: nada menos que 34 bilhões de dólares. Então, finalmente, a IBM conclui aquisição da Red Hat.

Em meio a esse tempo e muitas especulações, a IBM garantiu que manteria intacta a filosofia da empresa e que não interferiria em projetos como o Fedora. Assim, garantiu que proposta de código aberto da Red Hat continuaria existindo.

Com essa aquisição de US $ 34 bilhões, a IBM diz que ainda permitirá que a Red Hat mantenha sua independência e neutralidade e continue o mesmo modelo de desenvolvimento. E um bom sinal de que será assim mesmo é que Jim Whitehurst continuará a liderar a Red Hat. Da mesma forma, a IBM manterá a sede, instalações, além das instalações da Red Hat, marcas e práticas.

”A aquisição está fechada, mas o futuro está aberto”, dizia a página oficial.

A IBM enumerou algumas vantagens da aquisição:

  • Aquisição posiciona a IBM como o principal fornecedor de nuvem híbrida e acelera o modelo de negócios de alto valor da IBM, estendendo a inovação de código aberto da Red Hat para uma gama mais ampla de clientes;
  • IBM preserva a independência e neutralidade da Red Hat; A Red Hat fortalecerá suas parcerias existentes para oferecer aos clientes liberdade, escolha e flexibilidade;
  • compromisso inabalável da Red Hat com o código aberto permanece inalterado;
  • Juntos, a IBM e a Red Hat fornecerão a plataforma multicloud híbrida de próxima geração.

Portanto, você pode ler aqui a nota da empresa. No blog oficial também é possível conferir uma entrevista sobre a aquisição.

Tags:

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Mais lidas

Últimos posts

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.