in

Empresas espaciais estão investindo muito em tecnologia 5G

Internet via satélite vai ser um excelente negócio.

Empresas espaciais estão investindo muito em tecnologia 5G
Uma visão dos primeiros 60 satélites Starlink da SpaceX em órbita, ainda em configuração empilhada, com a Terra como pano de fundo azul brilhante em 23 de maio de 2019. Imagem: SpaceX.

As empresas espaciais de todo o mundo querem trazer mais dados para os seus dispositivos, e mais rápido do que nunca usando o 5G.

Assim, entidades que vão da SpaceX à Amazon estão lançando (ou podem ser lançados em breve) um grande número de novos satélites que podem suportar a largura de banda extra. Além disso, os provedores de redes de celulares em todo o mundo estão atualizando seus equipamentos em terra para atender à demanda futura que é esperada.

Empresas espaciais estão investindo no 5G

O 5G será ainda melhor, disse Will Townsend, analista sênior da empresa de pesquisa de mercado Moors Insight & Strategy, ao site Space.com. Assim, os usuários terão menos latência, disse ele. Por sua vez, latência refere-se ao tempo necessário para enviar um pacote de dados para um receptor (como um celular) em uma rede. As redes 4G têm cerca de 50 milissegundos de latência e as redes 5G devem ser 10 vezes melhores, com latências inferiores a 5 milissegundos.

Dessa forma, isso resultará em uma experiência “mais rápida e responsiva”, disse Townsend em um e-mail.

Ele disse:

Para os consumidores, isso equivale a downloads mais rápidos e uma experiência de reprodução de vídeo sem buffer. Os jogadores que usam dispositivos móveis apreciarão a capacidade de resposta rápida.

Enquanto isso, as empresas incorporam dispositivos de rastreamento em locais como contêineres, linhas de petróleo e gás e geradores de energia, com cada dispositivo fornecendo informações em tempo real sobre o status da coisa que está sendo rastreada. Desse modo, essas informações destinam-se a facilitar a resposta das empresas em caso de quebra de algo e a acompanhar melhor as remessas que atravessam o mundo com produtos manufaturados. Além disso, indústrias inteiras podem mudar com o aumento de dispositivos conectados, como dirigir (com o uso de veículos autônomos) ou fábricas (com linhas de produção que podem se monitorar).

Quais empresas espaciais estão trabalhando no 5G?

Muitas empresas espaciais estão correndo para se tornarem pioneiras no 5G. Por exemplo, a SpaceX recebeu aprovação para lançar quase 12.000 satélites da rede de Internet chamada Starlink (e recentemente pediu para lançar até 30.000 a mais). Em maio, a SpaceX lançou sua primeira nave com 60 satélites da Starlink. Eles operam a uma altitude de órbita terrestre baixa de cerca de 550 quilômetros. (Para comparação, a Estação Espacial Internacional orbita cerca de 400 km acima da Terra.)

Empresas espaciais estão investindo muito em tecnologia 5G
Foguete Falcon 9. Foto: SpaceX.

A OneWeb também possui planos de internet via satélite. A empresa planeja montar uma constelação de quase 650 satélites para facilitar o acesso à web em todo o mundo. Além disso, a OneWeb lançou o primeiro grupo de seis satélites em fevereiro a bordo de um foguete Soyuz fornecido pela empresa de lançamento européia Arianespace. Esses satélites circundam a Terra em órbitas quase polares, a uma altitude de aproximadamente 1.200 km. Igualmente, Amazon e Facebook estão entre as empresas que também planejam redes de satélite 5G.

Quais são os riscos do 5G?

A proliferação de satélites 5G em órbita levanta várias questões de observadores da indústria. Um grande problema é o aumento do risco de colisões, o que poderia, teoricamente, gerar enormes populações de detritos orbitais. O mundo percebeu esse risco no mês passado, quando um satélite europeu fez uma manobra de precaução para evitar uma possível colisão com um dos satélites da SpaceX.

Por fim, também existe a preocupação de que a abundância de satélites interfira nas observações do céu. Em junho, a União Astronômica Internacional (IAU, sigla em inglês) manifestou preocupação de que milhares de satélites pudessem interferir na capacidade de examinar objetos escuros e distantes, sem mencionar a vida de animais noturnos.

Neste artigo, você viu que até mesmo empresas espaciais estão investindo muito em tecnologia 5G.

Se gostou, não deixe de compartilhar!

Fonte: Space.com

Leia também:

Usando código aberto para explorar o espaço

Conheça o incrível e ambicioso projeto Starlink

Escrito por Leonardo Santana

Astrônomo amador e eletrotécnico. Apaixonado por TI desde o século passado.

Microsoft Edge Stable (Chromium) está disponível para download

Microsoft Edge Stable (Chromium) está disponível para download

Onde estão os novatos da equipe?

Onde estão os novatos da equipe?