in

Google usará smartphones Android como dispositivos de detecção de terremotos

O Google usará o Android Earthquake Alerts System.

Google usará smartphones Android como dispositivos de detecção de terremotos
Imagem: Google.

Os smartphones modernos incluem uma grande variedade de sensores, um dos quais é um acelerômetro para detectar movimento. É com esse sensor que o Google usará smartphones Android como dispositivos de detecção de terremotos com o Android Earthquake Alerts System.

A princípio, quando o acelerômetro em um smartphone detecta um movimento consistente com um terremoto, um sinal é enviado ao servidor de detecção de terremotos do Google junto com informações de localização. Se muitos telefones enviarem um sinal simultaneamente, o sistema pode interpretar isso como uma atividade sísmica válida e pode emitir um aviso aos usuários nas áreas afetadas e adjacentes.

Google usará smartphones Android como dispositivos de detecção de terremotos

Durante um desastre natural, alguns segundos podem literalmente fazer a diferença entre a vida e a morte. É por isso que o Google anunciou a intenção de transformar dispositivos Android em minissismômetros.

Google usará smartphones Android como dispositivos de detecção de terremotos
Os smartphones modernos incluem uma grande variedade de sensores, um dos quais é um acelerômetro para detectar movimento. GIF: Google.

Portanto, a ideia é proporcionar aos que estão mais distantes do epicentro tempo para se protegerem antes que as ondas os alcancem.

As partes interessadas de todo o mundo podem optar pelo Android Earthquake Alerts System e usar seus telefones como minissismômetros para enviar dados ao Google. Marc Stogaitis, engenheiro de software do Android, disse:

Para começar, usaremos essa tecnologia para compartilhar uma visão rápida e precisa da área afetada na Pesquisa Google.

Ao pesquisar “terremoto” ou “terremoto perto de mim”, você encontrará resultados relevantes para a sua área, junto com recursos úteis sobre o que fazer após um terremoto.

Além disso, o mecanismo de detecção do Android só funcionará em dispositivos que estão conectados e não em uso, o que limita bastante sua eficácia. Por fim, ele será implementado por meio dos Serviços do Google Mobile, o que significa que não funcionará em regiões como a China (que não usa os serviços do Google).

Fonte: Tech Spot

Google lança Android 11 Beta 3

Google lança melhorias para desenvolvedores Android TV

Google Stadia adiciona jogos grátis nos fins de semana

Google Play Music será totalmente desativado a partir de outubro

Google Arts & Culture lança uma série de brincadeiras com uso de inteligência artificial