in

Como instalar o Wine no Ubuntu, Linux Mint e derivados!

Se você precisa utilizar programas do Windows no Ubuntu, o Wine pode ser a solução!

instalar-o-wine-no-ubuntu-linux-mint-e-derivados

Para quem ainda não conhece, o Wine adiciona uma camada de compatibilidade ao Linux. E como exemplo o Ubuntu, permitindo com que algumas aplicações do Windows possam ser instaladas no Ubuntu. Dito isso, saiba como instalar o Wine no Ubuntu, Linux Mint e derivados.

Apenas por curiosidade, o nome da camada, Wine, quer dizer Wine Is Not Emulator, que vem a ser, Wine não é um Emulador. Atualmente o projeto é liderado por Alexandre Julliard. Mas, a junção das iniciais da aplicação acabou formando o Wine, que em nosso idioma quer dizer vinho, então é por isso que você sempre verá em tutoriais de instalação ou notícias sobre o Wine uma taça de vinho.

Até então, algumas empresas patrocinaram o Wine durante todo esse tempo. Gigantes como Google, Corel e até a própria Microsoft, já lançaram seus créditos no Wine. E ainda na seção curiosidades, o popular projeto ReactOS também é desenvolvido em conjunto com o Wine, dito isso, as melhorias do Wine são aplicadas no ReactOS e vice-versa.

Então, se você precisa instalar algum programa do Windows no Linux, existe uma grande possibilidade de haver suporte. Você também pode consultar a lista de aplicativo do Windows que possam ser instalados no Wine.

Instalando o Wine no Ubuntu, Linux Mint e derivados

Para começar vamos precisar utilizar o Terminal. Abra o Terminal e cole os comandos abaixo. Lembre-se de observar qual é a sua versão do Ubuntu, e não pule nenhum passo, ou você poderá ter problemas depois que instalar o Wine no Ubuntu.

Caso você esteja executando o Ubuntu de 64 bits, é preciso que adicionemos a biblioteca de 32 bits, para isso, execute o comando abaixo:

sudo dpkg --add-architecture i386

Agora, vamos adicionar a chave do repositório Wine ao Ubuntu:

wget -nc https://dl.winehq.org/wine-builds/winehq.key && sudo apt-key add winehq.key

Agora que adicionamos a chave e o repositório, precisamos atualizar a nossa lista de fontes de softwares, para isso execute o comando abaixo:

sudo apt update

Agora chegou o grande momento. Perceba que abaixo os repositórios estão divididos por versão, então adicione o repositório do Wine de acordo com a versão do Ubuntu instalada atualmente:

Para adicionar o repositório do Wine no Ubuntu 19.04:

sudo apt-add-repository ‘deb https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/ disco main’

Para adicionar o repositório do Wine no Ubuntu 18.10:

sudo apt-add-repository ‘deb https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/ cosmic main’

Para adicionar o repositório do Wine no Ubuntu 18.04:

sudo apt-add-repository ‘deb https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/ bionic main’

Para adicionar o repositório do Wine no Ubuntu 16.04:

sudo apt-add-repository ‘deb https://dl.winehq.org/wine-builds/ubuntu/ xenial main’

Extras importantes para a instação do Wine no Ubuntu

Nós adicionamos os repositórios, mas ainda não instalamos os itens necessários e importantes para que os aplicativos do Windows possam ser instalados e executados corretamente no Ubuntu. Ainda não instalamos o Wine, digamos que estamos preparando o terreno, então para execute mais alguns comandos abaixo, antes mesmo de chegarmos nos comandos onde vamos instalar o Wine no Ubuntu.

Agora, vamos adicionar uma PPA que vai fornecer a libfaudio0:

sudo add-apt-repository ppa:cybermax-dexter/sdl2-backport

Vamos atualizar a lista de fonte de software novamente:

sudo apt update

Agora, vamos instalar a lib:

sudo apt install libfaudio0

Instalando o Wine no Ubuntu

Para instalar o Wine em sua versão estável no Ubuntu 19.04, Ubuntu 18.10, Ubuntu 18.04 ou Ubuntu 16.04, execute:

sudo apt install --install-recommends winehq-stable

Para instalar o Wine em sua versão de testes no Ubuntu 19.04, Ubuntu 18.10, Ubuntu 18.04 ou Ubuntu 16.04, execute:

sudo apt install --install-recommends winehq-staging

Para instalar o Wine em sua versão em desenvolvimento no Ubuntu 19.04, Ubuntu 18.10, Ubuntu 18.04 ou Ubuntu 16.04, execute:

sudo apt install --install-recommends winehq-devel

Agora, se por algum motivo você queira conhecer algumas alternativas de software Microsoft para o Linux, separamos algumas listas, confira:

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

China apresenta câmera de 500 megapixels que pode identificar todos os rostos em uma multidão de milhares de pessoas

China apresenta câmera de 500 megapixels que pode identificar todos os rostos em uma multidão de milhares de pessoas

Richard Stallman também renuncia como chefe do projeto GNU?

Richard Stallman também renuncia como chefe do projeto GNU?